PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Danilo se destaca em treino e vive chance de reestreia pelo Corinthians

Danilo está há mais de um ano sem jogar - Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Danilo está há mais de um ano sem jogar Imagem: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

17/10/2017 19h31

Sem entrar em campo há 444 dias, o experiente meia Danilo vive a chance de reestrear pelo Corinthians nesta quarta-feira (18), contra o Grêmio. Recuperado de todos os problemas físicos que atrapalham sua carreira há mais de um ano, o camisa 20 foi um dos destaques do treino desta terça no CT Joaquim Grava e fica no banco de reservas na Arena Corinthians com boas possibilidades de ser acionado pelo técnico Fábio Carille. Pelo menos foi o que o próprio comandante indicou.

"Já levei para o banco contra o Bahia. Mas, nos primeiros jogos, foi para tê-lo junto, porque é um cara positivo no grupo. Agora estou levando com possibilidade de usá-lo, se precisar de 9 com a opção de ficar com a bola no pé e não puder ter o Jô. Não vejo ele como um jogador de lado e sim como falso 9. Não para 90 minutos, mas talvez para 30, 35. Estou levando para o banco em condição de usá-lo", adiantou o comandante alvinegro.

Danilo ficou no banco de reservas pela primeira vez no fim de semana, contra o Bahia, mas não foi usado por Carille. Diante do Grêmio ele terá possibilidade de entrar, já que tem sido um dos destaques do dia a dia no CT Joaquim Grava.

Nesta terça-feira, o meia de 38 anos protagonizou dois lindos lances no treinamento: no primeiro, tabelou com Paulo Roberto passando por toda a defesa do outro time até o volante acertar o travessão. Depois, Danilo recebeu um passe em profundidade, fingiu que chutaria e driblou Walter e completou quase sem ângulo em jogada que arrancou aplausos dos companheiros.

Danilo tem 336 partidas e é o jogador do atual elenco do Corinthians que entrou mais vezes em campo pelo clube, além de ser dono de uma série de títulos. Ele está fora de ação desde agosto do ano passado, quando um lance de treino fez com que corresse risco de amputação da perna direita, que sofreu duas fraturas graves.

Após a recuperação da lesão, o meia sofreu com problemas musculares até o corpo ficar equilibrado a ponto de permitir que ele atue, como pode ocorrer nesta quarta-feira.

A dez partidas do fim do Brasileirão, Danilo tem a missão de mostrar à diretoria que seu contrato deve ser renovado. O vínculo tem validade somente até dezembro e ainda não há conversas para estendê-lo.

Esporte