PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Herói contra o Corinthians, Marcos confia em recuperação do Dragão

31/08/2017 17h50

Recebendo a chance de ser titular por conta das lesões de Klever e Felipe, Marcos superou as expectativas e foi o nome do Atlético na vitória por 1 a 0 sobre o líder Corinthians, fora de casa, na 22ª rodada.O arqueiro rubro-negro disse que o tiunfo foi fruto de uma preparação intensa feita na semana anterior.

- Sabíamos que ia ser um jogo muito difícil, todo mundo já decretava a vitória do Corinthians. A gente foi pra lá respeitando a equipe deles, mas estávamos muito concentrados, muito focados. O professor João Paulo fez um excelente trabalho e a gente foi pra lá com um propósito de jogo que era se defender bem e jogar por uma bola. Fomos felizes, fizemos o gol, conseguimos suportar a pressão deles e graças a Deus saímos de lá com os três pontos - afirmou o goleiro.

Com a grande atuação, ficou a dúvida no ar: quando Felipe e Klever se recuperarem, quem vai ser o dono do gol atleticano? Marcos deixa essa "dor de cabeça" para João Paulo Sanches e sua comissão técnica.

- Ainda não sei se vou continuar, depende do professor João Paulo, da comissão técnica, mas como eu falei anteriormente, eu treino sempre como se fosse jogar. Independente de eu estar indo para o jogo ou não. Isso porque você não sabe quando a oportunidade vai aparecer. Felizmente apareceu nessa e eu estava preparado para dar o meu melhor - explicou.

Sobre a situação do Dragão no campeonato, o goleiro reconhece que, apesar da vitória na última rodada, o objetivo ainda está longe de ser alcançado. Os próximos jogos contra Bahia e Ponte Preta são essenciais para o Atlético crescer na competição. Marcos acredita que a equipe tem o que é necessário para escapar do rebaixamento.

- É uma sequência chamada de jogo dos seis pontos, com equipes que estão ali embaixo também, brigando com a gente. A gente fez um pacto pra começar esse turno que nós iríamso encarar cada jogo como uma final, independente de qual seja o adversário. Sabemos da dificuldade da nossa situação, mas vamos trabalhar jogo a jogo sem ficar olhando muito pra tabela que eu tenho certeza que lá na frente as coisas vão caminhar bem - completou o arqueiro.

Atlético-GO e Bahia se enfrentam na segunda-feira, 11/9, no Estádio Olímpico, em Goiânia. O Dragão segue na lanterna da Série A, com 18 pontos, sete a menos que o Vitória, primeiro time fora do Z4 do Brasileirão.

Esporte