PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Clayson vê grupo unido e analisa briga por titularidade no Corinthians

31/08/2017 12h33

As duas derrotas nos últimos três jogos não abalaram o Corinthians, segundo relatou o atacante Clayson em entrevista coletiva nesta quinta-feira. O jogador elogiou o grupo e o ambiente no Timão e também disse que o técnico Fábio Carille não mudou a forma de trabalhar após os dois resultados negativos no Brasileirão.

- Nosso ambiente é espetacular. Claro que ninguém quer perder, ficamos chateados, mas o time jogou bem, criou, teve oportunidade e a bola não entrou. Um pouco mais de atenção em uma bola e outra... temos que fazer o trabalho que fazemos desde o começo e buscar a vitória - disse Clayson, antes de falar sobre Carille.

- Ele é a mesma pessoa, mesmo trabalho, sempre para evoluir, vem fazendo um excelente trabalho. Sabíamos que a derrota ia acontecer, mas o grupo está unido, não pode deixar isso entrar - completou.

O atacante ainda analisou a disputa pela titularida no Corinthians. Atualmente, ele briga com Marquinhos Gabriel para ser o reserva imediato de Romero ou Jadson. Clayson se colocou à disposição para qualquer posição "do meio para frente".

- Acho que isso aí o professor Carille conhece bem, vem fazendo um bom trabalho e aquele que ele escolher tem que estar preparado para dar conta do recado. Do meio para frente posso atuar em qualquer posição, o Carille me conhece bem e sabe onde posso render, agir por estratégia. Resta a nós trabalhar e estar preparado para quando entrar - afirmou Clayson, que foi contratado após o Paulistão, atuou em 15 jogos e ainda não marcou.

O elenco do Corinthians volta a treinar na manhã desta sexta-feira. O próximo compromisso pelo Brasileirão será apenas no dia 10 de setembro, contra o Santos, na Vila Belmiro.

Esporte