PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vasco planeja reformulação do sub-20 e já prepara nova safra de talentos

28/08/2017 17h06

Após a conquista do título do Carioca sub-20 contra o Flamengo, o Vasco já planeja o futuro da categoria, que vem fazendo grande temporada. Como os principais nomes da conquistas foram para os profissionais, o clube começa a fazer uma reestruturação da equipe do técnico Marcus Alexandre.

Visando preparar uma nova safra de talentos, o Cruz-Maltino assinou o primeiro contrato profissional de jogadores do sub-17 que são considerados o futuro do sub-20. Na última semana, o volante Victor Hugo, o meia Róger Ribeiro e o atacante Vinícius, da geração 2001, selaram vínculo com o clube até 2020. Vale destacar que no início do mês o goleiro Lucão, também do sub-17, assinou seu primeiro compromisso.

- Considero normal o grande aproveitamento de jogadores no profissional. O sub-20 teve um desempenho excelente e a promoção é um prêmio merecido para os meninos. A base tem como principal finalidade projetar atletas e conseguimos atingir esse objetivo na temporada. Nossa missão agora é reconstruir o time júnior, descobrindo novos atletas e abrindo passagem para os garotos do juvenil. Esses jogadores fazem parte de uma geração talentosa que estamos preparando com muito carinho. Apostamos em todos eles - afirmou Álvaro Miranda, diretor geral das categorias de base.

Como muitos grandes jogadores que o Vasco revelou, o volante Victor Hugo começou no futsal do clube, em 2009. No ano seguinte ele foi para o campo, e hoje com 16 anos se diz honrado por assinar o primeiro contrato profissional.

- A sensação ao assinar o meu primeiro contrato profissional foi maravilhosa, a melhor possível, confesso que segurei um pouco a emoção. Sou muito grato a Deus por ter a oportunidade de jogar no Vasco e só tenho que agradecer ao clube por tudo, por nunca deixar faltar nada para mim. Agora é focar nos próximos objetivos. Vou trabalhar forte para realizar meus sonhos e fazer a torcida muito feliz. Dedico o dia de hoje aos meus familiares, principalmente meu pai e minha mãe, que sempre estiveram do meu lado - declarou o volante Victor Hugo.

Apesar de ter chegado ao clube apenas no ano passado, Vinícius já é um dos destaques da equipe sub-17. Rápido, habilidoso, arisco e bom finalizador, o atacante carrega o desejo de se tornar um ídolo da equipe de São Januário.

- Foi uma sensação incrível, fiquei muito emocionado quando fui chamado para assinar. Só Deus e a minha família sabem o que eu passei para chegar até aqui. Rezei bastante para esse dia chegar e, graças a Deus, consegui realizar um dos meus maiores sonhos. Esse contrato significa muito para e dedico ele ao meu anjo, minha avó. Ela sempre falou que iria estar comigo em todos os momentos da minha vida e eu a senti naquele momento. Enfim, estou muito feliz. Quero fazer história nesse clube e me tornar um ídolo da torcida - revelou Vinícius.

Esporte