PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Muito emotivo', Kazim sente por má atuação e ganha apoio no Corinthians

28/08/2017 12h42

Escalado como titular pela primeira vez nesta edição do Campeonato Brasileiro, o atacante Kazim não teve a atuação que esperava na derrota por 1 a 0 do Corinthians diante do Atlético-GO, no último sábado. O substituto de Jô não conseguiu marcar, ouviu a torcida pedir por Carlinhos durante o jogo, perdeu uma boa chance e ainda acredita ter errado no lance do gol adversário ao não acompanhar o zagueiro Gilvan pelo alto.

Kazim pediu desculpas aos companheiros após a partida e demonstrou abatimento nas horas seguintes, inclusive nesta segunda-feira, quando teve uma conversa com o atacante Jô, titular do setor e que estava suspenso da partida no sábado. O estrangeiro fez aniversário de 31 anos no próprio sábado, e não escondeu a chateação por não ter aproveitado a chance como titular na equipe, que é líder disparada do Campeonato Brasileiro.

- Atacantes passam por momentos complicados. Eu acho que ele (Kazim) se esforçou bastante, infelizmente não conseguiu o gol e saiu triste. Ele é uma pessoa bacana, é muito emotivo. Já conversei com ele, é um grande jogador e tem muito a nos ajudar ainda - declarou Jô nesta segunda-feira.

Kazim atuou em 22 partidas pelo Corinthians nesta temporada e marcou dois gols, um contra o Vasco, na Flórida Cup, e outro contra o Audax, pelo Paulistão. Ele esteve em oito compromissos como titular e tem sido cada vez mais contestado. Relacionado para alguns jogos neste segundo semestre, o jovem Carlinhos tem chamado atenção nos treinamentos e é opção para o setor.

Nesta segunda-feira, Kazim realizou trabalhos regenerativos na parte interna do CT, enquanto Jô iniciou preparação em campo para a retomada do Brasileirão, dia 10, contra o Santos.

Esporte