PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Corinthians não teme falta de ritmo e planeja período sem jogo: 'Será bom'

28/08/2017 07h00

O elenco do Corinthians se reapresenta na manhã desta segunda-feira, mas a equipe só voltará a jogar daqui a duas semanas, no dia 10 de setembro, contra o Santos, na Vila Belmiro. O Timão vê como positiva essa parada do campeonato por conta das datas Fifa, principalmente para aprimorar a forma física de alguns jogadores, como Pablo e Jadson, que recuperaram-se recentemente de lesão.

O Corinthians teve no início de agosto praticamente duas semanas sem jogo, porque o confronto com a Chapecoense havia sido adiado. Após essa pausa, o Timão teve suas primeiras derrotas no Brasileirão, mas não credita os resultados negativos a uma possível falta de ritmo. No três jogos seguintes às semanas só de treinos, a equipe perdeu para o Vitória, venceu a Chape e foi derrotada pelo Atlético-GO.

- Essa parada será boa para nós e para todos os outros times. Vou ter o Jadson e Pablo em melhores condições, esperar Balbuena e Arana... Vai ser bom. Não me preocupo com quebra de ritmo - analisou o técnico Fábio Carille.

O meia Jadson endossou o discurso do treinador. Para o jogador, esse período sem partidas deixará a equipe mais preparada para o clássico contra o Santos.

- vai ser bom para o grupo trabalhar em todos os sentidos, alguns jogadores vão voltar, para o jogo contra o Santos vamos estar mais completos, e isso vai nos ajudar - disse Jadson.

Ao contrário do que fez no último grande período sem duelos, o Corinthians realizará algum jogo-treino durante essas duas semanas. Um dos motivos é dar ritmo ao zagueiro Vilson, que realizou cirurgia no joelho esquerdo em março e está perto de voltar a ficar à disposição.

Em relação ao jogo contra o Atlético-GO, o Corinthians terá as voltas de Romero e Jô, que cumpriram suspensão. Balbuena, por sua vez, também deverá estar recuperado de lesão muscular. Já a lesão de Arana é mais complicada, e o lateral-esquerdo seguirá como desfalque.

Esporte