PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fagner e Camacho citam desperdícios, e Timão acende sinal com 2ª derrota

26/08/2017 21h27

O Corinthians terminou o jogo com 62% da posse de bola e com oito finalizações em gol, mas nenhuma certa. O Atlético-GO precisou da metade dos chutes a gol para fazer um e vencer a partida. Foi justamente o desperdício das oportunidades criadas que irritaram os corintianos.

Na saída do campo, após a segunda derrota em casa consecutiva (a primeira foi para o Vitória), Fagner e Camacho citaram os erros do Timão.

- Atacamos e perdemos muitas oportunidades. Acabamos perdendo mais uma em casa. Eles vêm mais fechados do que o normal. Nos dois jogos acharam uma bola, fizeram e trancaram tudo. Já estamos em alerta. Estávamos em alerta e por isso fizermos grande primeiro turno. Agora é acender sinal para voltarmos a vencer - disse o meio-campista, que teve seu discurso completado pelo lateral-direito e capitão do time na noite.

- Agora é descansar, vai ter pausa longa pra tranquilizar e voltar ao normal. Sabemos que não é normal. Somos eficientes e hoje não fomos. Criamos, buscamos, mesmo atrás no placar. Se tivéssemos colocado três das chances que criamos, seria outra história. Vai ser bom para descansar e treinar. Jogar quarta e domingo é puxado. Vamos descansar e corrigir os erros para não voltar a cometê-los. Tivemos chances e concluímos em gol. Goleiros deles teve noite inspirada - concluiu.

Até perder para o Vitória na Arena, o Corinthians sustentava a maior invencibilidade do país com 34 jogos. No momento a diferença para o segundo colocado é de dez pontos, no entanto, o Grêmio só finaliza a rodada no dia 2 de setembro, em casa, contra o Sport.

Esporte