PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jair admite inferioridade do Botafogo: 'Faltou agredir mais, criar mais'

24/08/2017 00h52

O Botafogo praticamente não chutou a gol contra o Flamengo, na noite desta quarta-feira. Muito pouco para quem queria ir à final da Copa do Brasil. Assim, o técnico Jair Ventura admite que foi uma partida muito aquém do necessário para a classificação no Maracanã.

- Faltou agredir mais, criar mais. Apesar de só uma finalização ao gol, a chance mais clara foi do Guilherme, que não foi no gol. O Flamengo também não criou muito, além do gol. Mas o Flamengo mereceu, jogou melhor. Teve o poder individual no terço final. Méritos pelo terço final - lamenta.

Jair também comentou a confusão após o fim da partida, no túnel que dá acesso ao gramado. Uma pessoa não identificada provocou o treinador botafoguense, que foi tirar satisfações.

- Sempre falo na situação de saber vencer e perder. Cumprimentei todos. Voltei para área de vestiário e fui agredido verbalmente por um torcedor. Tem que saber perder, mas não preciso ser agredido - justifica.

Esporte