PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Campeonato Baiano feminino de futebol tem recorde de participantes

24/08/2017 16h14

O Campeonato Baiano feminino ainda nem começou, mas já pode ser considerado histórico. Afinal, a competição organizada pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) vai ser disputada nesta temporada com um recorde de participantes: 18. São oito equipes a mais do que na última edição.

O calendário e o regulamento do torneio foram definidos nesta semana, em reunião na sede da FBF, que contou com a presença do presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues. O trabalho de incentivo e desenvolvimento da modalidade tem sido um dos pilares da atual administração.

Os clubes participantes são: Lusaca, Leônico, Conquista, Vitória, Flamengo de Feira, Galícia, Jacobina, Juventude, Catu, Jequié, Lauro de Freitas, Vera Cruz, Euclides da Cunha, Quijingue, Terra Nova, Feira de Santana, Ribeira do Pombal e São Francisco.

- Esse aumento no número de clubes aconteceu por conta do trabalho da Caravana do futebol feminino. Estimulamos as disputas em diversas regiões do estado e isso estabeleceu algumas novas equipes. Com novas atletas, ainda tivemos algumas renovações dentro dos clubes. Isso é um trabalho que vem lá de trás. Queremos cada vez mais aumentar a participação do interior - avaliou Ednaldo.

Na primeira fase, com início marcado para 17 de setembro, as 18 equipes serão divididas em seis grupos regionalizados com três equipes, cada. Elas se enfrentarão em jogos de ida e volta dentro de cada grupo, com as duas melhores de cada chave se classificando para a próxima etapa. Em seguida, os 12 times classificados duelam no primeiro mata-mata, com os seis vencedores de seus duelos e as duas agremiações perdedoras de melhor índice técnico garantindo uma vaga nas quartas de final.

A decisão do campeonato está marcada para o dia 26 de novembro.

- A expectativa é que seja um torneio bastante positivo. Tivemos uma renovação grande de atletas. Queremos ter essa competição como um parâmetro para a renovação - afirmou o presidente da FBF.

Vale lembrar que a final da temporada de 2016 contou com a presença da técnica da Seleção Brasileira, Emily Lima. O título ficou com o Vitória, que na decisão, derrotou o Juventude e garantiu a conquista inédita.

Esporte