PUBLICIDADE
Topo

Esporte

André Figueiredo não é mais superintendente de futebol do Galo

24/08/2017 16h23

Depois de inúmeras críticas, o Atlético-MG anunciou que o superintendente de futebol André Figueiredo foi desligado do departamento de futebol profissional do clube. A confirmação foi dada nesta tarde, após uma reunião entre a diretoria e os atletas, realizada antes do treino na Cidade do Galo. Segundo informações da assessoria de imprensa do clube, o dirigente volta a assumir a direção das categorias de base do Atlético-MG.

Destaque na zaga alteticana nos anos 90, André Figueiredo pendurou as chuteiras em 2002 e começou a trabalhar com a base alvinegra. Após a morte de Eduardo Maluf, ex-diretor de futebol, o presidente Daniel Nepomuceno nomeou o ex-zagueiro para o cargo, onde trabalharia nas negociações do departamento de futebol e comissão técnica.

Após inúmeras críticas, mais uma manifestação de descontentamento com o trabalho de André foi feita. Nesta quinta-feira, alguns torcedores do Atlético-MG manifestaram seu descontentamento com a situação do time e pediram a saída do diretor com faixas na entrada da Cidade do Galo.

No início da noite da última quarta, o jogador Bernard, principal venda da história do clube alvinegro, também fez críticas ao dirigente em resposta a um torcedor, responsabilizando o mesmo pelas duas vezes que foi desligado do Atlético-MG ainda na base. André Figueiredo deixa o cargo de superintendente menos de um mês após assumi-lo.

Esporte