PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Dorival indica Pratto como novidade, e Maicosuel e Cueva se destacam

23/08/2017 12h18

Nesta quarta-feira, Dorival Júnior comandou o primeiro treino tático da semana visando o clássico de domingo, contra o Palmeiras, no Allianz Parque. Indicou a volta de Pratto, que estava suspenso na última rodada, como única novidade do São Paulo, mas a atividade teve Cueva e Maicosuel como destaques.

A manhã começou no CT da Barra Funda com o elenco reunido, e Dorival e seus auxiliares discursando no meio da roda. Após aquecimento e atividade técnica, começou o trabalho tático com apenas Pratto como alteração em relação à equipe que iniciou o empate diante do Avaí, no último domingo, em Santa Catarina.

Titulares foram escalados com: Sidão; Buffarini, Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Petros; Marcos Guilherme, Jucilei, Hernanes e Cueva; Pratto. Os reservas tinham: Renan Ribeiro; Militão, Aderllan, Lugano e Shaylon; Thomaz, Gomez, Marcinho, Lucas Fernandes e Denilson; Gilberto.

Ao longo da atividade, Denis se revezou com Sidão no gol titular, com Lucas Perri fazendo o mesmo com Renan entre os reservas. Na linha, Cueva abriu o placar para os titulares, e Gilberto logo empatou para os suplentes até que Dorival deu um intervalo no treinamento.

Na volta, Marcos Guilherme deixou o treino, aparentemente poupado, e Cueva ganhou descanso, mas seguiu sentado no gramado. Maicosuel, que atuava como curinga no meio-campo, acelerando a transição ao ataque dos dois times, entrou no lugar do peruano entre os titulares, pela esquerda. Lucas Fernandes assumiu a função do outro lado.

Os titulares ganharam mais mobilidade com essa formação, e Maicosuel fez dois gols. Ao longo do treino, Hernanes foi poupado e Cueva entrou em seu lugar, balançando as redes mais uma vez. Dorival ainda testou entre os titulares Foguete, Bruno Alves e Gilberto nas vagas de Buffarini, Arboleda e Pratto, e Gilberto venceu Aderllan na corrida para fazer o último gol do treino.

No fim do trabalho, Bruno Alves, recém-contratado do Figueirense, se chocou com Denilson, e ambos ficaram no chão. O médico José Sanchez entrou para ver a condição dos dois e Dorival Júnior resolveu terminar a atividade. O elenco só volta a trabalhar na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda.

Com 23 pontos em 21 rodadas, o São Paulo ocupa a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O clássico no Allianz Parque está marcado para as 16h de domingo.

Esporte