PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Bruno Alves quer estrear quebrando tabu: 'Hora para São Paulo acelerar'

23/08/2017 14h08

Bruno Alves foi apresentado como novo jogador do São Paulo no início da tarde desta quarta-feira, após seu segundo treino no clube. Mas o zagueiro de 26 anos, que recebeu a camisa 34 das mãos do diretor executivo de futebol Vinicius Pinotti, já chega falando firme e mirando a primeira vitória da história do clube no Allianz Parque, no clássico de domingo, contra o Palmeiras.

- Estou à disposição e preparado. É um momento bom, nada melhor do que um clássico para dar uma acelerada. Temos totais condições de quebrar esse tabu. Tabu existe para ser quebrado, e estamos confiantes para esse jogo no Allianz - disse o jogador, que já tem condições físicas e está regularizado para estrear.

Revelado pelo Figueirense, Bruno Alves deixou o clube com ação na Justiça após ficar sem receber salários. Assinou com o São Paulo até dezembro de 2020 e, no fim do treino desta quarta-feira, chegou a trabalhar como titular na zaga ao lado de Rodrigo Caio, quando Arboleda foi poupado.

- Surgi no Figueirense atuando pela direita com o Thiago Heleno e pela esquerda, com Marquinho. Jogo dos dois lados. Dorival falou para eu fazer o que o Arboleda vinha fazendo e deu tudo certo - disse Bruno Alves, prevendo que não terá dificuldades para se entrosar.

- Já vi que o treino é muito intenso, com muito posicionamento. Dorival é muito tático, já conversou posicionamento. Quando se depende de treinador com visão tática diferente, ajuda. Fica mais fácil de entrar no time - elogiou o defensor, que, ao longo da entrevista, minimizou a presença do clube na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Confira outros temas abordados por Bruno Alves nesta quarta-feira:

Características

Sou zagueiro de marcação muito forte, recuperação boa, bola aérea muito boa, faço gols. Tenho vontade, quero trabalhar. Dorival me passou confiança, se colocou à disposição. Ele deu todo avala para caso precisar procurar apartamento, adaptar família. Já estou feliz no São Paulo.

Escolha pelo São Paulo

O que me fez escolher é que o São Paulo é um gigante do futebol brasileiro e mundial. Tive propostas de outros times da Série A, mas não tive dúvidas quando apareceu o São Paulo. Pela torcida e pela qualidade do elenco. Vou evoluir e ajudar a todos para tirar o clube dessa situação.

Clima no elenco

Todos sabem da pressão, mas elenco está confiante. Já estou bem á vontade, Dorival conversou comigo. É achar sequência de vitória. Com certeza, vamos tirar o São Paulo dessa situação.

Pratto

Falo sobre Pratto, que conheci há poucos dias. É um excelente atacante, finaliza muito bem. É fase. Quando fizer gol, não preciso provar nada para ninguém, é cobiçado no futebol mundial. Tem total confiança do grupo.

Esporte