PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Antes Pitbull, Alison aprimora saída de bola por titularidade no Santos

23/08/2017 15h49

O apelido de Pitbull da Vila foi aposentado. Os carrinhos diminuíram e volante marcador não é a única descrição possível para Alison, o camisa 5 do Santos. Desde o gol de empate na vitória por 3 a 2 sobre o Flamengo, de fora da área, o Menino da Vila passou a mostrar outras qualidades que fizeram Levir Culpi apostar em seu futebol.

- Minha função principal é ajudar na marcação, mas o Levir me dá liberdade para chegar à frente. Estou trabalhando nisso para ajudar os companheiros no ataque também - explicou o meio-campista revelado na base santista.

Titular nos últimos três jogos, Alison substituiu Renato, que teve lesão muscular na coxa. Para encarar o Cruzeiro, no domingo, às 19h, no Mineirão, o camisa 8 tem chances de retornar, mas o mais jovem ainda não está preocupado em perder posição.

- Isso me ajuda, sim. Como eu falei, Levir me dá liberdade e acho que isso vem me ajudando bastante. Acho que quem o Levir escolher, eu ou Cittadini, Yuri, Renato, vai estar preparado para dar conta do recado - concluiu.

Se entrar em campo no domingo, o camisa 5 completará 100 jogos pelo Peixe. Sua estreia, em 2011, aconteceu também contra o Cruzeiro.

Esporte