PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ponte recebe certificado do MP para captação de recursos públicos

22/08/2017 19h57

Se dentro das quatro linhas a Ponte Preta não vem enchendo muito os olhos do torcedor, fora de campo o clube vem batendo um bolão. Nesta terça-feira, o Ministério Público entregou à instituição um certificado de cumpridor das exigências legais que um clube tem de apresentar para ter projetos dentro da Lei de Incentivo. Tal documento confirma que o clube cumpre todas as exigências da Lei.

- São poucos os clubes no país que conseguiram essa certificação e este reconhecimento veio para a Ponte porque o trabalho que vem sendo feito dentro clube é o mais transparente e ético possível com o uso de verba pública. Isso passa uma enorme credibilidade tanto para nós, que usamos as verbas, quanto para quem investe, que são as empresas. Com isso podemos buscar cada vez mais recursos e, automaticamente, elevar o nível de estrutura oferecido no Projeto de Lei de Incentivo - afirmou o presidente do clube, Vanderlei Pereira.

O recebimento de tal certificado aconteceu após a visita de membros do Ministério Público, recentemente, para avaliar os projetos desenvolvidos com os recursos da Lei de Incentivo. Vanderlei Pereira explicou que o clube veio se modificando nos últimos anos para de adequar às rigorosas exigências que são precisas para captação de recursos públicos.

- Com a Reforma do Estatuto que ocorreu em 2015 o clube se atualizou frente ao que há de mais moderno no que diz respeito a transparência fiscal. As mudanças foram benéficas em diversos sentidos, pois além de modernizar inúmeros processos dentro do Clube, deram ainda mais credibilidade à Ponte para recebimento e utilização de verba pública - explicou o cartola.

Com o certificado, a Ponte pode colocar para frente um projeto que já estava em andamento, o "Ponte Preta Futebol de Base - estrutura para desenvolvimento de talentos do futebol / complementação do Ponte Imap", que tem como objetivo aperfeiçoar as categorias de base do clube, com foco nos sub 15, 17 e 20.

Esporte