PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Cuca diz que Dudu está 'brigando com os médicos' para jogar o clássico

22/08/2017 18h06

A lesão na coxa esquerda de Dudu completa duas semanas nesta quarta-feira. É a metade do prazo de quatro semanas estipulado para sua recuperação, mas o técnico Cuca disse nesta terça que o camisa 7 está "brigando com os médicos" para jogar domingo, contra o São Paulo, no Allianz Parque.

- O Dudu quer porque quer jogar, está brigando com os médicos para jogar. Se você fala, ele enche o olho de lágrima, mas não adianta forçar uma situação que não seja ideal para ele. Por isso vamos conversar com os médicos e ver o que fazer até o fim de semana - disse o treinador.

Dudu foi um dos personagens do clássico contra o São Paulo no primeiro turno. O rival publicou um vídeo com os gols da vitória por 2 a 0 ao som de uma valsa, fazendo referência ao período de 15 anos sem perder para o Palmeiras no Morumbi. O camisa 7 respondeu:

- Normal, fazer o quê? Eles ganharam, a gente tem que aguentar. É igual quando eles vêm aqui (no Allianz Parque), eles tomam quatro, três, gol de cobertura, e têm que aguentar também. Ainda tem o jogo de volta, eles sabem que jogar aqui é muito difícil, mas temos que esperar.

Jailson, Mina e Arouca seguem no departamento médico. Cuca disse que, se Jean tiver condições, terá à disposição os 11 titulares da derrota por 2 a 0 para a Chapecoense, no último sábado. Se repetir o time, será apenas a segunda vez em 29 jogos nesta nova passagem pelo clube.

O setor ofensivo foi composto por Róger Guedes, Willian e Deyverson no fim de semana, com Guerra e Moisés na armação. Dudu, se puder jogar, brigará por uma dessas vagas. Uma outra possível mudança é a saída de Thiago Santos, volante de marcação, para a entrada de Tchê Tchê, que tem mais mobilidade.

O provável Palmeiras tem Fernando Prass, Jean (Mayke), Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Thiago Santos (Tchê Tchê), Moisés e Guerra; Róger Guedes (Dudu), Willian e Deyverson.

Esporte