PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com zaga nova, Bota visita Ponte Preta e quer manter defesa em alta

Vítor Silva/SSPress/Botafogo
Imagem: Vítor Silva/SSPress/Botafogo

20/08/2017 07h00

Além da Libertadores e da Copa do Brasil, o Botafogo tem uma outra alegria nesta temporada: o setor defensivo. Neste domingo, a partir das 16h, contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, o Glorioso tentará engatar o quinto jogo consecutivo sem sofrer gols e com a terceira formação defensiva diferente: Joel Carli e Renan Fonseca. A partida é válida pela 21° rodada do Brasileirão.

Até aqui, as duplas Carli e Igor Rabello/ Marcelo e Emerson Santos têm dois jogos cada. É uma boa chance para o Botafogo provar que é forte na defesa independentemente da formação.

O técnico Jair Ventura priorizará o jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil com o Flamengo, na próxima quarta-feira, no Maracanã e por isso preservará Igor Rabello. Seu companheiro, o capitão Joel Carli está suspenso para o segundo jogo da semifinal com o Flamengo e por isso deve jogar. Marcelo deve ser opção no banco. Além deles, Emerson Silva ainda não se recuperou de dores no pé e nem viajou. Emerson Santos está suspenso, com o terceiro cartão amarelo.

A sequência

A sequência do Botafogo sem tomar gols começou no Mineirão, há duas semanas, quando empatou sem gols com o Cruzeiro. Quatro dias depois foi a vez de sair invicto diante do Nacional - URU, pela volta das oitavas de final da Libertadores. Na ocasião, vitória de 2 a 0.

No último fim de semana, a 'vítima' da fortaleza alvinegra foi o Grêmio. Leandrinho marcou o gol da vitória de 1 a 0, mas lá atrás Gatito defendeu um pênalti do lateral tricolor Marcelo Oliveira. Na última quarta, novo empate sem gols, desta vez contra o Flamengo, pela ida das semifinais da Copa do Brasil.

Ataque da Ponte Preta em baixa

A Macaca pode ser o adversário ideal para o Botafogo aumentar ainda mais a confiança no setor defensivo. Isso porque a Ponte Preta tem o terceiro pior ataque do Brasileirão, com apenas 20 gols marcados. Nas últimas quatro rodadas, apenas um gol feito.

Kleina aposta em equipe encorpada

A confiança de que a Ponte Preta reencontrará seu faro de gol marca Gilson Kleina. Além de ter uma semana exclusiva para treinos, o treinador aposta em voltas importantes para levar a melhor sobre o Botafogo:

"Com Elton, Marllon, Sheik, voltamos a ter um corpo, uma equipe mais consistente, volta a encorpar Temos também a opção do Léo Gamalho. Esse tempo para trabalhar foi importante para as coisas voltarem a funcionar novamente. Treinamos muita coisa tática, exigimos bastante dos jogadores, conversamos. Foi o que falei. Nossos principais reforços vieram do departamento médico". declarou o comandante.

Provável Ponte Preta: Aranha, Jeferson, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcellos; Naldo, Elton, Jean Patrick e Leo Artur; Lucca e Emerson Sheik. Téc: Gilson Kleina.

Provável Botafogo: Gatito, Arnaldo, Joel Carli e Renan Fonseca e Gilson; Dudu Cearense, Leandrinho, Rodrigo Lindoso e Leo Valencia; Rodrigo Pimpão e Brenner. Téc: Jair Ventura

Árbitro: Dewson Fernando Freitas (PA-Fifa)

Esporte