PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após mais de cinco anos, Zimmermann deixa o comando do Brasil-Pel

20/07/2017 15h04

Um dos trabalhos mais longos de um técnico em um clube na história recente do país chegou ao fim nesta quinta-feira. Após mais de cinco anos, o Brasil de Pelotas anunciou o desligamento de Rogério Zimmermann do comando da equipe.

Além de sua saída, deixam o Xavante o auxiliar Zeca Martins e o preparador físico João Beschorne. O treinador deixa o clube após a goleada que o Brasil de Pelotas sofreu por 4 a 1 para o Paraná, na terça-feira, em jogo válido pela 15ª rodada da Série B.

Rogério Zimmermann iniciara sua segunda passagem no clube gaúcho em maio de 2012. Sob seu comando, a equipe disputou 408 jogos, obtendo 188 vitórias, 128 empates e 92 derrotas.

Além disto, garantiu à equipe xavante os acessos para a elite gaúcha e para as Séries C e B, e um bicampeonato do Interior. Seu trabalho só perdeu em duração para Cláudio Tencati, que está desde abril de 2011 no comando do Londrina.

Esporte