PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Irritado, CR7 diz: 'Vou embora porque me tratam como um delinquente'

Cristiano Ronaldo acredita estar sendo perseguido na Espanha depois da acusação de fraude fiscal - AFP
Cristiano Ronaldo acredita estar sendo perseguido na Espanha depois da acusação de fraude fiscal Imagem: AFP

19/06/2017 09h56

Parece que Cristiano Ronaldo está mesmo decidido a deixar o Real Madrid. Nesta segunda-feira, a emissora de rádio espanhola "Cadena Cope" deu uma informação contundente a respeito do desapontamento do astro em relação, principalmente, à imprensa da Espanha.

"Vou embora do Real Madrid porque me tratam como um delinquente, especialmente os meios de comunicação", teria dito CR7 ao técnico do Real Madrid, Zinedine Zidane.

Cristiano Ronaldo acredita estar sendo perseguido na Espanha depois da acusação de fraude fiscal no período entre 2010 e 2014, no qual teria deixado de declarar 14,7 milhões de euros (R$ 52 milhões). Além disso, ele acha que não tem o apoio do clube madrilenho nesse caso.

GIGANTES MONITORAM SITUAÇÃO

No último domingo, o jornal inglês "The Times" trouxe a informação de que o Manchester United entrou na briga para tentar contratar Ronaldo, que já atuou pelo clube entre 2003 e 2009. O craque de Portugal ficou irritado com as acusações de fraude fiscal e, segundo a imprensa portuguesa, não quer mais atuar na Espanha.

A imprensa britânica também diz que o Chelsea monitora a polêmica situação do camisa 7. A operação para tirá-lo de Madri, porém, não será das mais fáceis. Isso porque, além do Real ainda tentar convencê-lo a ficar, o Paris Saint-Germain e o futebol chinês também estão na corrida.

Esporte