PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Galeria L! mostra participação do Fluminense nos últimos 15 anos de Copa do Brasil

15/02/2017 19h57

Invicto no Campeonato Carioca, o Fluminense enfrenta, nesta quarta-feira, o Globo-RN no Estádio Manoel Barretto, em Ceará Mirim, com a missão de voltar para casa com vaga garantida.

Na maioria das edições que participou nos últimos 15 anos, o Fluminense dependeu da segunda partida para eliminar o adversário. Em 2017, tal situação não poderá se repetir, já que nas duas primeiras fases os jogos serão únicos. Veja o desempenho do time nos últimos 15 anos de Copa do Brasil.

2002

Em 2002, pela primeira fase da Copa do Brasil, o Fluminense encarou o Sampaio Correia, no Castelão, e perdeu por 2 a 1. Rogerinho e Gilson marcaram os dois gols do Sampaio e Marco Brito diminuiu a diferença para o Fluminense, marcando o único gol da partida do lado do tricolor carioca.

De volta ao Maracanã, o Fluminense bateu o Sampaio Correia por 5 a 1. O time maranhense começou pressionando e abriu o placar com gol de falta de Fabinho e o Fluminense só conseguiu empatar aos 44 minutos. Na volta para o segundo tempo, o time parecia totalmente diferente e conseguiu virar e vencer com goleada. O time que passou sufoco no primeiro confronto, marcou mais quatro gols no segundo tempo, com Magno Alves (2), Fernando Diniz e Caio.

2003

Na Copa do Brasil de 2003, o Fluminense pegou seu xará Fluminense de Feira. No estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana, o time da casa saiu na frente com Obina, aos 32 minutos. Ainda sem muita técnica mas com disposição, o time carioca voltou ao campo para virar a partida. Não conseguiu, mas deixou tudo igual com Carlos Alberto, aos 8 minutos do segundo tempo. 1 a 1.

De volta ao Rio, o Fluminense bateu o Flu de Feira de Santana por 4 a 0. Parece que jogar em casa é o que mais motiva o Tricolor carioca. No jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil 2003, Jadílson (2), Zada e Marcelo conseguiram a classificação do Fluminense para a segunda fase do torneio.

2004

Em 2004, o Fluminense disputou vaga para a segunda fase com o Caxias do Sul, no Ernesto Sobrinho, em Joinville, e bateu o dono da casa por 3 a 1, e conseguiu classificação direta, por ter vencido o primeiro jogo com mais de um gol de diferença. Na partida, Vicente marcou o único do Caxias e Léo Moura, Ramon e Antônio Carlos balançaram a rede do adversário três vezes.

2005

Na Copa do Brasil de 2005, o Campinense venceu o Fluminense por 1 a 0, no Amigão. O único gol da partida foi marcado por Fábio Júnior. No jogo, Marquinho, que atuava pelo Fluminense foi expulso, o que deixou o time carioca em desvantagem.

No jogo de volta, o Tricolor carioca bateu o Campinense por 3 a 1. Tuta (2) e Felipe foram os responsáveis pela comemoração da torcida no Maracanã. Para diminuir a diferença, Helinho fez um para o Campinense. Mais uma vez teve expulsão. Marcos Mendes deixou o time do Campinense com um a menos.

2006

Em Cuiabá, o Fluminense venceu o Operário-MT, por 3 a 2 na estreia da Copa do Brasil 2006. Os gols do Tricolor carioca foram marcados por Cláudio Pitbull, Lenny e Bruno. Odil e Fabiano foram responsáveis pelos gols do Operário. Tal placar daria a vaga para o Fluminense mesmo se perdesse por 1 a 0 ou 2 a 1 na partida de volta.

Parece que o time não se deixou levar pelo favorecimento. Na partida de volta, no Maracanã, o Fluminense marcou os mesmos três gols, com Tuta, Cláudio Pitbull e Evando. Pelo Operário, quem marcou o único do time foi Diogo. Na partida, nem a expulsão do goleiro Ernandes, após falta violenta em Tuta, prejudicou o time de guerreiros.

2007 - Ano da conquista do título

Em Rio Branco (Acre), o Fluminense venceu o Adesg por 2 a 1. Na estreia, Soares abriu o placar para o Fluminense seguido por Alex Dias. A equipe acreana diminuiu com Diego. No Maracanã, o Fluminense não teve a menor dificuldade para bater o Adesg. Com gols de Cícero, Thiago Silva, Lenny, Alex Dias e Thiago Neves (2), o tricolor venceu por 6 a 0 e foi à segunda fase.

2008

O Fluminense não participou da edição de 2008 da Copa do Brasil porque estava disputando a Libertadores e havia confronto entre as datas dos torneios.

2009

Na estreia contra o Nacional de Patos, o Fluminense não conseguiu adiar o jogo de volta, com o placar de 1 a 0, gol marcado por Éverton Santos, em João Pessoa. Na segunda partida, realizada no Maracanã, o Fluminense venceu por 3 a 0, com gols de Everton Santos, Tartá e Thiago Neves, de pênalti, e se classificou para segunda fase.

2010

A estreia do Fluminense não foi agradável em 2010. Repleta de erros, o time conseguiu apenas um empate por 1 a 1 com o modesto Confiança-SE. Fred, que poderia ter ampliado o placar, perdeu um pênalti e o único gol do Fluminense foi feito por Gum. Do lado do clube sergipano, quem marcou foi Diogo.

Na partida de volta, Fred, que pecou no primeiro jogo, foi o autor dos dois gols que classificaram o Fluminense para a segunda fase. A vitória não foi tão fácil e o goleiro Pantera, do Confiança, foi o grande nome da partida ao realizar grandes defesas.

2011

Fluminense não disputou a Copa do Brasil de 2011, porque ao conquistar o título de campeão brasileiro em 2012, garantiu vaga na Libertadores.

2012

Em 2012 não foi muito diferente. Com o 3º lugar na classificação do Campeonato Brasileiro de 2011, o time conquistou vaga na Libertadores e não participou da Copa do Brasil.

2013

Com o título do Campeonato Brasileiro 2012, Fluminense não participou da Copa do Brasil mais uma vez, indo à Libertadores.

2014

Após quase ser rebaixado em 2013, o Fluminense teve um mal início na Copa do Brasil de 2014. Na estreia, o Tricolor perdeu para o Horizonte por 3 a 1. Dico, Marciel e Jajá marcaram os gols do clube cearense e Conca marcou o único do Tricolor. Na partida de volta, o time carioca não parecia o mesmo. Ciente de que tinha que vencer a partida para avançar, o Fluminense marcou 5 a 0 em cima do Horizonte. Com gols de Conca, Gum, Rafael Sóbis, Wagner e Fred, o Fluminense pagou o saldo que estava devendo e conseguiu uma boa classificação para a segunda fase.

2015

Em 2015, o Fluminense conseguiu vaga direto para as oitavas de final da Copa do Brasil, por ter sido o 6º colocado no Campeonato Brasileiro de 2014. Na partida de estreia, contra o Paysandu, o clube carioca levou a melhor e saiu na frente com o placar de 2 a 1. A partida de volta não foi nada diferente, tanto que o Flu também venceu por 2 a 1. Enquanto Yago Pikachu foi o autor dos dois gols do Paysandu nas partidas, o Fluminense teve gol de Renato e Magno Alves na primeira, e Cícero e Marcos Junior na segunda.

2016

Na última Copa do Brasil, o Fluminense bateu o Tombense por 3 a 0 na primeira partida, anulando o segundo confronto. Na vitória que garantiu classificação direta, Gerson, Marcos Junior (2), foram as estrelas da partida, donos dos gols.

Esporte