PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Santos recusa ofício do Campinense e mantém chegada de Rodrigão no dia 1º

Artilheiro do Brasil no ano, Rodrigão será reforço do Santos - Divulgação/Campinense
Artilheiro do Brasil no ano, Rodrigão será reforço do Santos Imagem: Divulgação/Campinense

26/05/2016 15h04

Preocupado com a situação clínica de Ricardo Oliveira, o Santos não está disposto a perder tempo na contratação de reforços. Acertado com Rodrigão, artilheiro do Brasil no ano com 18 gols, o clube recusou um ofício de liberação enviado pelo Campinense na última quarta-feira.

O clube paraibano, envolvido nas finais do Estadual, pretendia contar com o centroavante na decisão diante do Belo, que acontece nos dois próximos finais de semana, e retardar a saída de Rodrigão para o dia 8. O Santos, contudo, respondeu de forma negativa e confirmou a apresentação do centroavante para a data firmada em contrato, no dia 1º de junho.

Após a vitória na semifinal contra o CSP na última quarta-feira, quando marcou mais um gol, o próprio Rodrigão confirmou que se apresentaria ao novo clube no dia 1º de junho e se despediu do Campinense.

"Minha apresentação é dia 1º de junho, e isso já está conversado com o presidente e a diretoria. Eu saio daqui com a cabeça erguida. Fico feliz com o que fiz com a camisa deste clube e espero ter deixado a porta aberta para um retorno no futuro", despediu-se.

Por um imbróglio na Justiça com o rival Treze por conta de irregularidades com o Profut, o Campinense teve de adiar a semifinal do Estadual contra o CSP, que aconteceu apenas nesta quarta-feira. O imbróglio já havia atrasado a chegada de Rodrigão, e o Santos não está disposto a retardar ainda mais a apresentação do reforço.

Entre todos os reforços do Santos para a sequência da temporada, Rodrigão é o único que poderá chegar e imediatamente jogar, já que Copete, Vecchio e Noguera dependem da abertura da janela de transferências internacionais, que acontece apenas no dia 20 de junho.

Esporte