Presidente do Fluminense explica demissão de Diniz e afirma que Marcão deve seguir no comando

O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira e explicou a decisão de demitir o técnico Fernando Diniz. O treinador não resistiu ao mau início no Campeonato Brasileiro e deixou o clube após dois anos e dois meses.

Mário Bittencourt falou sobre o motivo de ter demitido Diniz após 33 dias de sua renovação contratual.

"Acreditava que a gente poderia voltar a ter a performance. Então, já vai a resposta sobre os motivos de termos rompido o contrato. Não existe especificamente um número de derrotas (para demissão), ou uma derrota específica, existe uma avaliação técnica ao longo da temporada. Mas naquele momento, estávamos classificados na Libertadores, na Copa do Brasil, mal no Brasileiro, mas em um começo de Brasileiro e acreditávamos que poderíamos retornar a perfomance. Vamos falar o português claro, já foram seis meses acreditando. Não há nada mais importante que o Fluminense. Como comandante do clube nesse momento, com a concordância do departamento de futebol, tomamos a decisão."

Continua após a publicidade

"As coisas podem mudar? Podem. Como há um mês e três dias atrás eu anunciei a renovação do treinador e hoje to falando da saída dele, mas não é a nossa inteção. A intenção é dar estabilidade aqui dentro, tranquilidadade, para que o time possa voltar a vencer", concluiu.

O Tricolor Carioca ocupa a lanterna do Brasileirão, com seis pontos conquistados, e está há oito partidas sem vencer na competição. Em 11 jogos disputadas no Brasileirão, a equipe ganhou apenas uma, empatou três e perdeu sete.

Apesar da demissão, Diniz conquistou um dos maiores títulos da história do clube: a Libertadores de 2023. Por conta disso, o presidente afirmou que a passagem de Diniz foi um sucesso.

Continua após a publicidade

"Foram dois anos e dois meses de muito sucesso. Deu certo. Foi um dos fatores que fez a gente ganhar o título mais bonito da história do Fluminense, até aqui", disse Mário Bittencourt.

O Fluminense entra em campo nesta quinta-feira, às 19h (de Brasília), contra o Vitória, no Maracanã, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes