Willian Bigode exalta "perseverança" do Santos em vitória, mas admite: "Não foi um jogo brilhante"

O Santos enfim reencontrou o caminho das vitórias na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o Peixe bateu o Goiás por 2 a 0, na Vila Belmiro, e espantou a crise que rondava o clube após as quatro derrotas consecutivas na temporada. O atacante Willian Bigode reconheceu que a equipe não fez um jogo "brilhante", mas ressaltou a luta dos jogadores para conseguir os três pontos.

"A gente sabia que ia ser um jogo difícil. A pressão faz parte, mas o mais importante é que os torcedores compareceram. Nós sabemos da importância deles. É claro que é um momento adverso, você vir de quatro derrotas, tratando-se de um clube da grandeza do Santos. Óbvio que a pressão começa internamente, mas não está faltando comprometimento, aquilo que essa camisa merece", disse o jogador ao Premiere, na saída de campo.

"Não foi um jogo brilhante, mas o time perseverou. Foi aguerrido. O primeiro gol foi assim, o Tadeu poderia agarrar com mais tranquilidade, mas eu e o Guilherme fomos ali brigar. Isso dificultou. Depois feliz de fazer o gol que consagrou a nossa vitória. Essa foi a palavra-chave de hoje, perseverar", acrescentou.

A equipe alvinegra, portanto, ultrapassa o Goiás está momentaneamente de volta ao G4 da Série B. O Peixe figura na quarta posição da tabela, com 18 pontos, enquanto o Esmeraldino cai para sexto, com a mesma pontuação. O triunfo também alivia a pressão sobre o técnico Fábio Carille.

O próximo compromisso do Santos está marcado para a próxima terça-feira. O time enfrenta o Mirassol, a partir das 19h (de Brasília), no Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, pela 12ª rodada da Série B.

Deixe seu comentário

Só para assinantes