Entenda como Patati foi de titular a nem relacionado no Santos em uma semana

O atacante Weslley Patati foi titular em quatro jogos seguidos do Santos, mas na última sexta-feira, no revés contra o Operário, em Ponta Grossa, o jovem sequer foi relacionado.

O jogador perdeu espaço com Fábio Carille em virtude dos retornos de Guilherme, Julio Furch e Pedrinho. O último, inclusive, já havia sido relacionado para o duelo contra o Novorizontino, mas começou no banco de reservas. Os dois primeiros voltaram a entrar em campo só na última sexta.

Diante do aumento de opções para o ataque, a comissão técnica alvinegra entende que Patati retorna ao fim da fila. O garoto, embora tenha tido oportunidades, não vinha convencendo dentro de campo.

Há outro motivo para que o atleta de 20 anos fosse cortado. Recentemente, ele reclamou publicamente por ter que ir de ônibus, junto ao restante da delegação, de Londrina a Catanduva, viagem esta que duraria seis horas.

Após o episódio, Patati recebeu um 'puxão de orelha' da diretoria do Santos e foi multado. Ele também foi duramente cobrado por torcedores organizados que cobraram o elenco no CT Rei Pelé durante a semana.

Portanto, a decisão de não levá-lo ao Paraná também teve como intenção preservar o Menino da Vila, que assistiu ao revés do time pela televisão.

Weslley Patati soma 13 partidas disputadas pelo Peixe nesta temporada, quatro como titular, com um gol marcado. O atacante espera reconquistar seu espaço e ser relacionado para o próximo jogo da equipe, contra o Goiás.

O duelo está marcado para quarta-feira, às 19h (de Brasília), na Vila Belmiro, pela 11ª rodada da Série B. Em crise, os comandados de Fábio Carille vêm de quatro derrotas seguidas e estão fora do G4, ocupando a sexta posição da tabela de classificação, com 15 pontos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes