António valoriza entrega do Corinthians em clássico, mas não comemora empate: "Nunca é bom"

Corinthians e São Paulo até fizeram um clássico movimentado neste domingo, mas não saíram do empate, por 2 a 2, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro. O técnico António Oliveira valorizou a entrega do time, que teve um a menos na reta final da partida, mas não comemorou o resultado.

"O empate nunca é bom resultado. Trabalhamos para ganhar. A história do jogo, às vezes, fazem a gente achar que o empate é um bom resultado. Com menos um homem nos últimos dez ou 15 minutos, acaba por ser um resultado que se aceita", afirmou o treinador em entrevista coletiva.

"A equipe se entregou, foi valente, resiliente. Teve por trás uma torcida que me deixa cada vez mais orgulhoso", disse o português.

Apesar de não se mostrar 100% satisfeito com o empate, António Oliveira relembrou que a maioria dos relacionados eram jogadores da base do clube. Ele ainda ressaltou os desafios de estar à frente do Corinthians.

"Tenho que parabenizar os jogadores. Dos 24 que foram relacionados, 14 eram da base. Só dois que estavam no banco não eram da base. Para vocês verem o caminho desafiante que é estar nesse lugar. Em nenhum momento vou lamentar, dizer que não tenho este ou aquele. Poderia ter continuado com a estabilidade que tinha antes, mas preferi vir para cá. Me apaixonei pelo desafio e vou com ele até o fim. Os desafios aparecem todos os dias. Tenho que ser muito mais do que só um treinador de futebol, não é fácil motivar este gente todos os dias. Tenho que parabenizar meus jogadores pelo o que fizeram contra uma equipe estável. Eles se entregaram de corpo e alma e conseguiram voltar ao jogo duas vezes. Estou muito orgulhoso deles, é uma equipe jovem, com grande margem para evolução", avaliou o comandante.

António espera que o Timão siga lutando contra a parte de baixo de tabela do Brasileirão. Ele já admitiu que o clube precisa de reforços e espera a abertura da janela de transferência para ganhar novas peças.

"O desafio é ver a equipe crescendo cada vez mais, jovens que vão aparecendo. São seis jogos até a janela, precisamos fazer o melhor possível para ter mais tranquilidade depois", comentou.

O empate no clássico, somado a outros resultados da rodada, deixaram o Timão próxima à zona de rebaixamento do Brasileirão. A equipe está no 16º lugar, à beira do Z4, com sete pontos.

O próximo jogo do Corinthians está marcado para quarta-feira, diante do Internacional. O duelo ocorrerá no Estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina, a partir das 21h30 (de Brasília), pela décima rodada do Brasileiro.

Deixe seu comentário

Só para assinantes