Reforço de R$ 20 milhões, Pedro Raul se torna negociável no Corinthians

O atacante Pedro Raul, que custou R$ 20 milhões aos cofres do Corinthians, perdeu espaço com a comissão técnica chefiada por António Oliveira. O jogador de 27 anos ganhou status de "negociável" e despertou interesse de clubes como Grêmio e Santos.

A reportagem da Gazeta Esportiva apurou que Pedro segue focado e treinando normalmente no CT Dr. Joaquim Grava, mas quer ter mais minutos. O atleta falou sobre seu futuro após o empate do Corinthians com o Atlético-GO, na última terça-feira (11).

"Todo mundo quer jogar, minha parte de carreira é com meus empresários. Vamos ver o que eles vão falar, vou me reunir com eles. Mas nosso foco é tirar o Corinthians dessa situação", comentou o jogador em zona mista.

Com a camisa do Corinthians, Pedro Raul possui três gols em 17 jogos (sete como titular). A última vez que o atleta teve minutos foi na vitória contra o Racing-URU, por 3 a 0, pela última rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Sua maior sequência veio quando António apostou em um ataque com Pedro mais avançado, e Yuri Alberto aberto pela direita. O time teve bom desempenho atuando assim na vitória por 2 a 0 contra o São Bernardo, pela Copa do Brasil, mas a estrutura tática não foi para frente.

Para contratar Pedro Raul em junho, a diretoria do Corinthians topou pagar US$ 5 milhões (R$ 20 milhões na cotação da época) ao Toluca por 100% dos direitos econômicos do atleta. A multa rescisória do atacante é de R$ 300 milhões para o mercado brasileiro e 100 milhões de euros (R$ 534 milhões) para o mercado externo.

Deixe seu comentário

Só para assinantes