Lázaro cita 'briga' de Leila e Textor antes de Palmeiras e Botafogo

Palmeiras e Botafogo disputarão as oitavas de final da Libertadores nesta temporada. Um dos destaques é a briga entre o dono da SAF do time carioca, John Textor, e a presidente Leila Pereira. O norte-americano tem constantemente acusado o Verdão de ser beneficiado por manipulação de resultados.

Em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, o atacante Lázaro, do Palmeiras citou o desentendimento dos dirigentes, destacando as expectativas para a partida. Para ele, esse cenário faz a partida "pegar fogo".

"Em relação à Leila e o Textor, eles que têm que se resolver, os chefões têm que se resolver. Nós só temos que fazer nosso trabalho. Hoje em dia não tem tanto isso de estar provocando um pouco, antigamente tinha muito isso. É uma coisa boa que faz com que os jogadores também estejam pegando fogo ali na hora do jogo, estejam bem focados ali para dar o sangue para dar nosso melhor. Levo sempre de uma forma positiva", contou.

"Rivalidade é sempre bom no futebol. Isso faz com que o jogo pegue fogo. Aquele clima quente. Sei muito bem o que aconteceu no ano passado no jogo entre Palmeiras e Botafogo, da virada que teve. Isso só mostra a força mental que a equipe tem. Vamos pegar eles na Libertadores, mas ainda temos muitas coisas para trabalhar", seguiu à Gazeta Esportiva.

O Palmeiras ainda terá um período para pensar no Botafogo pela Libertadores. O primeiro jogo acontece no dia 14 de agosto, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). A segunda partida será disputada no dia 21, no mesmo horário, no Allianz Parque.

O time comandado por Abel Ferreira foi a terceira melhor campanha na fase de grupos, com 14 pontos conquistados. Em sua chave até a decisão, caso avance, o Verdão pode definir todo mata-mata em casa. Na primeira fase, o Verdão conquistou quatro vitórias e dois empates.

"Independente com quem vamos jogar, se é Botafogo, se é Bolívar, Talleres ou algum outro. Não temos que estar preocupados. Temos que estar focados em o que podemos fazer de melhor na partida contra quem for para que a gente possa conquistar o objetivo, que é a vitória. Se caiu o Botafogo, vamos estudar o melhor possível. Tem profissionais que trabalham com isso para nos apresentar tudo para fazermos um bom jogo e passar de fase.

Cada jogo que tivermos até lá, vamos fazer o nosso melhor para ganhar a confiança cada vez mais para nessa partida importante e fazer um bom resultado no primeiro jogo", finalizou.

John Textor apresentou seu relatório em que diz ter provas sobre manipulação de resultados em alguns jogos do Palmeiras à CPI da Manipulação de Jogos e Apostas Esportivas. Após avaliação do material, o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) viu indícios suficientes para abrir a investigação.

Continua após a publicidade

Depois do depoimento do empresário, Leila Pereira também foi convidada para dar sua declaração e cobrou punição para Textor, que, por enquanto, não mostrou provas para suas acusações.

Deixe seu comentário

Só para assinantes