Cristiano Ronaldo admite ansiedade por estreia na Eurocopa e vê seleção de Portugal "bastante preparada"

Aos 39 anos, dono de cinco Bolas de Ouro e vencedor de 35 títulos, Cristiano Ronaldo ainda sente aquele 'frio na barriga' antes de estrear em uma competição. Nesta quinta-feira, em rápida entrevista aos jornalistas na chegada da delegação portuguesa ao hotel na Alemanha, o astro admitiu estar ansioso pela estreia na Eurocopa de 2024.

Portugal estreia na Euro na próxima terça-feira (18), quando encara a República Tcheca pela primeira rodada do Grupo F. A bola rola a partir das 16 horas (de Brasília), na Red Bull Arena, em solo alemão. Cristiano disse que a ansiedade "sempre existe", mas que se sente feliz em continuar experimentando tal sentimento.

"Ansiedade sempre existe. Existe aquele formigamento na barriga sempre, principalmente um dia antes do jogo ou nos jogos em si. Mas isso é normal, isso faz parte. Ainda bem que eu sinto, porque quando não sentir, é melhor desistir e parar. Isso é bom. Ainda me sinto bastante motivado, é uma competição diferente e estamos a nos preparar", afirmou o craque.

Também durante o bate-papo com os jornalistas, o atacante, hoje no Al-Nassr (Arábia Saudita), comentou sobre suas expectativas para a competição. Campeã da Euro em 2016, a seleção portuguesa vai em busca do bicampeonato - e CR7 vê sua equipe bem preparada para o torneio.

"É passo a passo, viver o momento, estar tranquilos e trabalhar como nós temos feito até agora. É acreditar que é possível. É jogo a jogo, é preciso ter calma. Sabemos que é uma competição curta, mas acho que a equipe está bastante preparada. É preparar-nos da melhor forma e começar bem, porque isso é essencial", disse.

Continua após a publicidade

Por fim, ainda sobrou tempo para Cristiano falar sobre recordes. Assim que entrar em campo nesta Euro, se tornará o jogador com mais participações em edições da competição, com seis. Ele ultrapassará o ex-goleiro espanhol Iker Casillas e se isolará no ranking.

"Desfruto do futebol, os recordes são uma consequência. Para mim, não é uma meta. Acho que isso aparece de uma forma natural. Estou feliz de estar em minha sexta Eurocopa e é desfrutar da melhor maneira. Jogar bem, que a equipe possa ganhar, tentar dar o meu máximo e desfrutar", concluiu o camisa 7.

Portugal está no Grupo F da Eurocopa e, além de República Tcheca, também enfrentará Turquia e Georgia em busca de uma vaga no mata-mata. Cristiano vai atrás de seu terceiro título com a seleção - já ergueu a Euro de 2016 e a Liga das Nações da temporada 2018/19.

Deixe seu comentário

Só para assinantes