PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bustos vê derrota injusta e fala sobre pressão no Santos: "Tenho que fazer meu trabalho"

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

02/07/2022 22h24

O Santos perdeu por 2 a 1 para o Flamengo na noite deste sábado, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na visão do técnico Fabián Bustos, entretanto, o resultado não foi justo.

Em entrevista coletiva, o comandante afirmou que o Peixe jogou de igual para igual com o cariocas e que merecia, pelo menos, um empate.

"A realidade é que hoje o Flamengo tem mais hierarquia. Fizemos um bom jogo, pelo menos parelho. Não merecíamos perder o jogo. Um empate seria mais justo. Para mim o Santos não mereceu perder. O segundo gol foi um descuido. A hierarquia faz diferença, assim como ocorreu com o Palmeiras. Jogamos contra um time superior e competimos de igual a igual", disse.

Com o resultado, o Alvinegro Praiano chegou a indigesta marca de apenas uma vitória nos últimos 12 compromissos. São três derrotas e oito empates. Dessa forma, a pressão sobre o trabalho do argentino vem crescendo cada vez mais, especialmente por parte dos torcedores.

Questionado sobre essa tensão que ronda o clube, Bustos desconversou e afirmou que o seu dever é seguir trabalhando para tentar levar o time a resultados melhores.

"Eu tenho que fazer meu trabalho, tratar de ser competitivo e conseguir os resultados. Essa é a mesma equipe que quase caiu no Paulistão. No Brasileirão, temos paridade em quase todo jogo. Estamos em oitavo. Na Sul-Americana nós passamos e temos a chance de, em casa, passar. Temos que tentar seguir ganhando", afirmou.

"Seguiremos tentando ser competitivos e mais fortes. Como podemos ser mais fortes? Ganhando jogos, fazendo as coisas melhores, trabalhando mais, corrigindo erros, a diretoria vendo a janela como poder melhorar. Essa é a realidade. Conheço a história do clube. Tentaremos ser melhores. O que incomoda o torcedor, e eu entendo, é a partida da Copa do Brasil", finalizou.

Com o resultado, o Santos caiu para a oitava colocação do Brasileirão, com 19 pontos.

O Peixe volta as suas atenções agora para a Sul-Americana. Nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), o time recebe o Deportivo Táchira-VEN, pelo jogo de volta das oitavas de final da Sul-Americana. Na ida, houve um empate de 1 a 1.

Já o próximo compromisso do Alvinegro no Nacional está marcado para sábado, às 18 horas, contra o Atlético-GO, na Vila Belmiro.

Futebol