PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões - 2021/2022

Rodrygo comenta sensação de vencer Champions: "Sonho de criança"

Rodrygo, do Real Madrid, erguendo a taça da Liga dos Campeões - JAVIER SORIANO / AFP
Rodrygo, do Real Madrid, erguendo a taça da Liga dos Campeões Imagem: JAVIER SORIANO / AFP

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

29/05/2022 06h00

Classificação e Jogos

Na tarde de ontem (28), Rodrygo falou sobre a conquista de sua primeira Liga dos Campeões da Europa com o Real Madrid, após a equipe espanhola vencer o Liverpool por 1 a 0, em Paris. Na saída de campo, o brasileiro falou sobre a sensação de vencer a principal competição do Velho Continente.

O atacante revelado pelo Santos disse chegou a duvidar do que estava acontecendo, e ressaltou a dificuldade do caminho do Real Madrid até a conquista do torneio.

"Sonhei, até imagina um dia ganhar essa competição, só que, na hora que você ganha, você fica sem acreditar, ainda mais da forma que foi, acho que não tinha como ser mais difícil. Estou muito feliz de verdade, realizando um sonho de criança", disse o atacante em entrevista à 'TNT Sports'.

"A gente vê toda trajetória que você tem que passar para chegar numa final, jogar contra uma grande equipe também na final", completou.

Protagonista de viradas

Antes da final, o Real Madrid esteve muito perto de ser eliminado em todos os mata-matas, contra PSG — nas oitavas de final —, Chelsea — nas quartas —, e Manchester City — na semifinal.

Em duas ocasiões — contra Chelsea e Manchester City —, Rodrygo, mesmo reserva, assumiu o protagonismo, dando início a reações improváveis da equipe espanhola. No jogo de volta das quartas de final, em Madri, o atacante marcou o gol que levou a partida para a prorrogação após os londrinos abrirem 3 a 0.

Já na partida decisiva da semifinal, o jovem revelado pelo Santos fez dois gols após os 40 minutos do segundo tempo, garantindo sobrevida para o Real Madrid no tempo extra.

Ver essa foto no Instagram

Santos, Rodrygo foi vendido para o Real Madrid em 2019, quando tinha apenas 18 anos. Um ano antes de sua chegada, os Merengues venceram a Liga dos Campeões, também contra o Liverpool.

"A final de 2018 acho que estava em casa, em Santos. Com certeza noção era uma coisa que eu não tinha. Claro, você tem o sonho, até tenta imaginar, mas como falei, depois você ganha, sente essa emoção, uma coisa inexplicável, que eu jamais imaginei. Na hora que o juiz apitou o final do jogo, eu nem acreditava, olhava e falava: 'Caraca, sou campeão da Champions!'. Depois, levantando a taça e agora com a medalha, acho que a ficha não caiu."

Rodrygo foi decisivo nas classificações do Real Madrid contra o Chelsea, nas quartas, e Manchester City, nas semis, em que marcou dois gols nos acréscimos. Além da Liga dos Campeões, o jovem ganhou também a La Liga e a Copa da Espanha duas vezes, em 2020 e 2022.

"Lá em casa já estou começando a montar um museu, estou começando agora a ganhar os títulos, está só aumentando, por enquanto, o mais importante da minha carreira. Espero que no final do ano eu ganhe um mais importante ainda", falou o jogador.