PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Empresa de criptomoedas encerra patrocínio com o Corinthians e deixará de estampar uniformes

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

27/05/2022 12h01

O Corinthians não será mais patrocinado pela empresa de criptomoedas Mercado Bitcoin. Conforme a marca anunciou, a partir de junho, sua logo não estampará mais os uniformes do Timão. O plano da plataforma é focar na criação de seu próprio time de futebol.

A Gazeta Esportiva entrou em contato com o clube paulista, mas, até a publicação desta matéria, não obteve resposta. Quando o clube se manifestar, as informações serão atualizadas.

O Corinthians anunciou sua parceria com a empresa em setembro de 2021, durante live de comemoração dos 111 anos do clube. Conforme anunciou o Timão à época, o contrato com seu patrocinador se estenderia até dezembro de 2022.

Atualmente, a marca estampa a parte frontal do uniforme corintiano, logo abaixo do espaço dedicado ao patrocínio máster.

A equipe criada pela empresa terá o nome de "Metaverse DAO Football Team". A ideia surge da experiência adquirida com tokens ligados ao Vasco e ao Santos, e os patrocínios de Corinthians e Vasco.

"A expectativa é definir em janeiro de 2023 a comissão técnica, para fazer entre março e junho, uma peneira nacional, passando por todos os estados brasileiros em busca de talentos para formar as equipes sub-21, tanto masculino quanto feminino", explica Sérgio Veiga, diretor de patrocínios da Mercado Bitcoin.

No momento, o Corinthians se prepara para seu próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe encara, na Neo Química Arena, o América-MG, às 18h (de Brasília).

Futebol