PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2022

São Paulo enfrenta Corinthians em busca do 10º jogo de invencibilidade na temporada

Calleri comemora gol marcado de pênalti para o São Paulo na partida contra o Cuiabá, válida pelo Campeonato Brasileiro - Marcello Zambrana/AGIF
Calleri comemora gol marcado de pênalti para o São Paulo na partida contra o Cuiabá, válida pelo Campeonato Brasileiro Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

22/05/2022 08h00

Classificação e Jogos

O São Paulo enfrenta o arquirrival Corinthians hoje (22) com um bom retrospecto nos últimos jogos. Se empatar ou vencer o Timão, serão, ao todo, 10 jogos seguidos sem perder na atual temporada.

A última derrota sofrida pelo Tricolor em 2022 foi em partida frente ao Flamengo, no dia 17 de abril, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Naquela ocasião, no Maracanã, a equipe de Rogério Ceni foi vencida por 3 a 1.

Desde então, foram nove partidas disputadas. Duas pela Copa do Brasil, três pela Sul-Americana e quatro pelo Campeonato Brasileiro. Nesta sequência, foram quatro empates e cinco vitórias, com 16 gols marcados e sete sofridos.

Agora, além de manter a invencibilidade, o São Paulo terá a chance de, contra o Corinthians, em caso de vitória, assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. O Tricolor é terceiro colocado com 11 pontos, enquanto o Timão, líder, tem 13.

O Corinthians, no entanto, nunca foi derrotado pelo rival na NeoQuímica Arena nos 15 jogos disputados, mas o São Paulo deposita as esperanças no artilheiro argentino Jonathan Calleri, que é o artilheiro do Brasileirão e já fez 14 gols em 25 jogos nesta temporada.

Corinthians e São Paulo se enfrentam às 16h de hoje. Veja onde assistir.

Veja a sequência invicta do São Paulo:

20/04 - Juventude 2 x 2 São Paulo

26/04 - Bragantino 1 x 1 São Paulo

28/04 - Jorge Wilstermann 1 x 3 São Paulo

02/05 - São Paulo 2 x 1 Santos

05/05 - Everton-CHI 0 x 0 São Paulo

08/05 - Fortaleza 1 x 1 São Paulo

12/05 - São Paulo 2 x 0 Juventude

15/05 - São Paulo 2 x 1 Cuiabá

19/05 - São Paulo 3 x 0 Jorge Wilstermann