PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Vitória do Santos sobre La Calera-CHI é marcada por confusão entre jogadores

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

19/05/2022 00h21

Na noite desta quarta-feira, o Santos derrotou o Unión La Calera-CHI por 1 a 0, na Vila Belmiro, pela quinta rodada da fase de grupos da Sul-Americana. A partida ficou marcada por uma grande confusão entre os jogadores.

Aos 50 minutos do segundo tempo, com o placar ainda zerado, os mandantes se irritaram com a cera dos chilenos. Após o árbitro marcar uma falta de Lucas Pires perto da bandeirinha de escanteio, o clima esquentou. Os atletas alvinegros partiram para cima dos rivais, que entraram na briga, resultando nas expulsões de Léo Baptistão e Ramírez.

Instantes depois, a bola voltou a rolar, e o Peixe aproveitou para anotar o único gol do jogo, já aos 56 minutos, com Lucas Barbosa. Depois do tento, porém, houve mais uma confusão, que só acabou após o apito final do árbitro, que ainda expulsou John, goleiro reserva do Alvinegro Praiano.

Apesar da briga e das expulsões, o resultado foi muito importante para o Santos. O time assumiu a liderança do grupo C da Sul-Americana, com 10 pontos, dois a mais que os chilenos, que caíram para segundo. Apenas o primeiro de cada chave avança.

Dessa forma, o Alvinegro Praiano precisa apenas vencer o Banfield na próxima terça-feira, às 19h15 (de Brasília), em casa, para se classificar. Simultaneamente, La Calera recebe a Universidad Católica-EQU.

Futebol