PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Qualidade de Ivan, quase fechado com o Corinthians, veio de 'ideia maluca'

Ivan, goleiro da Ponte Preta, está perto de ser anunciado pelo Corinthians - Alvaro Jr.
Ivan, goleiro da Ponte Preta, está perto de ser anunciado pelo Corinthians Imagem: Alvaro Jr.

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

29/01/2022 04h00

Prestes a ser anunciado pelo Corinthians como novo reforço, o goleiro Ivan, da Ponte Preta, tem uma característica muito bem desenvolvida, segundo quem já o treinou e também para o torcedor: o enfrentamento um para um. No entanto, essa qualidade foi desenvolvida de uma maneira um tanto quanto diferente.

Em entrevista à Gazeta Esportiva, Beto Guastali, ex-preparador de Ivan, contou como uma situação adversa virou uma maneira de "tirar o medo da bola" do jogador.

"Uma história engraçada que tenho para contar é quando ele ainda estava no sub-14. Nessas bolas de enfrentamento, cara a cara, ele virava o rosto e eu fiquei muito bravo com isso. Então, coloquei ele de joelhos, amarrei a mão dele com atadura e comecei a fazer essa situação com ele, com os braços amarrados para trás", iniciou o profissional, que atualmente está no Chiangrai United, da 1ª divisão da Tailândia.

"Eu falava que era para ele perder o medo da bola. Ele lembra disso toda vez que fala também. Um pouco de loucura da minha cabeça, mas estava muito bravo com ele na época, porque estava virando o rosto. Eu falava que goleiro não podia ter medo, tinha que encarar a bola e, hoje, é uma das principais características dele, esse enfrentamento um para um. Fico muito feliz com isso", completou.

Além de ter falado sobre essa ideia bem raiz para desenvolver essa característica, Betão comentou sobre outras qualidades de Ivan: possui grande capacidade de improviso, "resolve os problemas durante o jogo", e, aliado a isso, "ele cresce em momentos importantes, se agiganta e consegue responder bem nessas situações".

Ivan realizou exames no Corinthians no dia 18 de janeiro, mas ainda não foi anunciado. Na última quinta-feira, uma decisão judicial envolvendo a Ponte Preta, seu clube atual, e o ex-zagueiro Rodrigo, que tinha valores a receber da Macaca, deu uma abertura a mais no caminho para o anúncio do jogador no clube do Parque São Jorge em breve.

Futebol