PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após insucesso na busca por velocistas, Ceni quer lapidar Caio, destaque na Copinha

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

27/01/2022 06h00

O técnico Rogério Ceni foi só elogios ao atacante Caio, um dos destaques do time do São Paulo na Copinha. O jogador foi convidado a treinar com o elenco profissional após a eliminação no torneio de base e, ao que tudo indica, não deve retornar para Cotia.

Isso porque Ceni espera lapidá-lo para ser uma opção que falta ao elenco. Sem sucesso na busca por atacantes de velocidade nesta janela, o treinador espera ter uma solução caseira para o problema.

"O Caio é uma das opções, está treinando com a gente, deve ficar, apesar de seus 17 anos apenas. É um jogador que a gente quer trabalhar, porque vimos potencial nele nessa Taça São Paulo", disse Rogério Ceni.

Caio se dividiu entre o sub-17 e o sub-20 na temporada passada. Nesta Copinha, mesmo com apenas 17 anos, foi titular em sete dos oito jogos da equipe, marcando quatro gols. Agora, a responsabilidade do atacante é maior: corresponder às expectativas de Rogério Ceni e se estabelecer como um jogador de lado de campo.

Nesta quarta-feira, Ceni revelou alguns nomes de sua preferência para suprir a carência do elenco por um atacante de velocidade. O treinador indicou as contratações de Luís Henrique, do Olympique de Marseille, e David, do Fortaleza, mas ambas as tratativas não avançaram.

"Dois jogadores que achei interessante eram o Luís Henrique e o David. Com esses jogadores não conseguimos realizar negociações. Então, a gente muda um pouco o estilo de jogar para se adaptar ao que temos aqui, e recorremos à base. Com Toró, Caio, Marquinhos vamos tentar encontrar um jogador que substitua esse que não pudemos trazer nesse momento para o São Paulo", concluiu.

Futebol