PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos é o segundo clube com menos desarmes no Brasileirão

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

05/12/2021 07h00

A temporada do Santos foi longe do que o torcedor gostaria. Faltando apenas duas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Peixe ocupa apenas a 12ª colocação, com 46 pontos. E um fator que pode explicar o baixo rendimento do clube no torneio é a falta de combatividade.

Segundo dados levantados pelo Footstats, o Alvinegro Praiano é o segundo time que menos realizou desarmes no Nacional até a 36ª rodada, com 449 (média de 12,47 por jogo). Somente o Juventude tem menos, com 436. Assim como o clube paulista, aliás, os gaúchos também estão em uma posição incômoda na competição, em 15º.

A efeito de comparação, o vice-líder Flamengo é quem lidera o quesito, com 636, resultando uma média de 17,67 por compromisso.

Outro fator que chama a atenção é o baixo número de faltas. São apenas 496 infrações cometidas (média de 13,78), sendo assim o terceiro time que menos comete. Cuiabá, com 495, e Corinthians, com 387, são os únicos com menos.

Mas, apesar das poucas faltas, o Santos é o quinto mais advertido com cartões amarelos. Em 36 jogos, foram 89, resultando uma média de 2,47 por embate.

Nesta segunda-feira, portanto, o Santos busca melhorar o seu índice de desarmes para tentar superar o Flamengo em pleno Maracanã, pela 37ª rodada do Brasileirão, e, com isso, se aproximar de uma vaga em competição internacionais. A bola rola a partir das 20 horas (de Brasília).

Futebol