PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Justiça extingue processo de R$ 4,2 milhões de Fred contra Atlético-MG

Fred gesticula durante jogo entre Atlético-MG e Atlético-GO - Thomás Santos/AGIF
Fred gesticula durante jogo entre Atlético-MG e Atlético-GO Imagem: Thomás Santos/AGIF

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

23/11/2021 12h58

O Juízo da 25ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte declarou extinto o processo de execução movido por Fred contra o Atlético-MG. O atacante buscava receber R$ 4,2 milhões em valores rescisórios que não teriam sido pagos e o processo na Justiça do Trabalho está sob sigilo.

"O tribunal acolheu o argumento da defesa do Atlético, por entender que o atleta não possuía título executivo contra o Clube. Contra a decisão de primeiro grau cabe recurso ao TRT3", também informou o clube em nota, reconhecendo porém que ainda cabe recurso no TRT3 sobre esta decisão.

Fred rescindiu seu contrato com o Atlético-MG em dezembro de 2017 e desde então as duas partes têm travado batalhas nos tribunais. Enquanto o jogador cobra valores que o clube deveria a ele, o Galo cobra R$ 10 milhões de uma "cláusula indenizatória desportiva", valor este que já chegaria aos R$ 23 milhões de reais com os reajustes.

Hoje no Fluminense, Fred defendeu o Atlético-MG entre 2016 e 2017. Antes de acertar com o Cruzeiro em 2018, o centroavante disputou 83 jogos, anotando 42 gols e dez assistências.

Atlético-MG