PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Ataque do São Paulo tem desempenho semelhante ao de times do Z4

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

24/09/2021 06h00

Classificação e Jogos

O São Paulo vem tendo um péssimo desempenho ofensivo no Campeonato Brasileiro. Em 21 jogos, o time comandado por Hernán Crespo balançou as redes apenas 18 vezes, sendo obrigado a se conformar com uma média inferior a um gol por partida (0,85).

Apenas quatro das 20 equipes do Campeonato Brasileiro têm um desempenho ofensivo ainda pior que o do São Paulo: Sport (8 gols), Grêmio (15 gols), Chapecoense, (17 gols), Atlético-GO (17 gols).

Não por coincidência três desses times integram atualmente a zona de rebaixamento. A Chapecoense é lanterna da competição, o Sport é o vice lanterna e o Grêmio é o 18º colocado. O Atlético-GO é a única exceção, figurando em 11º lugar, bem à frente do São Paulo.

Juventude, que é o primeiro integrante da zona de rebaixamento, na 17ª colocação, e América-MG, em 16º lugar, marcaram, assim como o São Paulo, 18 gols.

Neste sábado, o time comandado por Hernán Crespo terá a oportunidade de fazer as pazes com o gol. O problema é que do outro lado do campo estará o líder do Campeonato Brasileiro, que, apesar de ter o jogo de volta da semifinal da Libertadores dias depois, não deverá abrir mão completamente da competição por pontos corridos.

Além do fato de enfrentar o Galo, a provável ausência de Luciano também dificultará a vida do São Paulo em busca do gol. Com uma irritação ocular, o atacante não treinou nesta quinta-feira e dificilmente participará das atividades desta sexta, se tornando desfalque pelo segundo jogo consecutivo.

Em contrapartida, Crespo ganhou recentemente dois reforços para o ataque: Calleri e Marquinhos. O argentino ainda precisa se recondicionar fisicamente, já que ficou sem jogar por quase cinco meses, mas aos poucos vem ganhando minutos. O garoto revelado em Cotia, por sua vez, se recuperou de um estiramento na coxa esquerda, voltou a atuar na última quarta-feira, contra o América-MG, mas está longe do nível que apresentou antes da lesão.

São Paulo