PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Xavier é testado como zagueiro, e Sylvinho abre disputa por vaga de Gabriel

Volante de origem, jogador não tem definida sua vaga no time no clássico diante do Palmeiras - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Volante de origem, jogador não tem definida sua vaga no time no clássico diante do Palmeiras Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

23/09/2021 06h00

Classificação e Jogos

Gabriel vai desfalcar o Corinthians no próximo sábado, às 19h (de Brasília), contra o Palmeiras. A suspensão do camisa 5, naturalmente, fez o nome de Xavier crescer entorno das especulações sobre o time titular que Sylvinho vai mandar a campo no dérbi da Neo Química Arena.

Mas, a entrada do volante de 21 anos na equipe ainda não está garantida. Muito pelo contrário. Isso porque Sylvinho tem observado as possibilidades de usar Du Queiroz ou Cantillo no setor que teve a vaga aberta.

Du jogou na lateral direita por necessidade, mas é volante de origem e tem agradado muito ao técnico. Cantillo, que foi contratado como segundo homem de meio-campo, é visto por Sylvinho como a primeira peça do meio, à frente da zaga, e chegou a ter sequência por ali.

Xavier, em tese, parece à frente nessa disputa, afinal, ele atuou em oito jogos com o treinador, tem entrado com frequência, sempre como volante e recebido elogios de boa parte dos torcedores.

No entanto, a Gazeta Esportiva apurou que já há algum tempo Xavier também tem sido testado como zagueiro durante os treinos no CT Joaquim Grava.

Internamente, o processo é comparado ao que aconteceu com Carlos Augusto, lateral esquerdo que chegou a trabalhar como beque em alguns momentos da temporada 2020, antes de ser vendido ao futebol italiano.

No último dia 10 de setembro, aliás, João Victor, durante entrevista coletiva, inseriu o nome de Xavier ao comentar as opções do grupo que podem formar parceria na zaga.

"Gil é um grande zagueiro, mas, independente de quem entre, Léo Santos, Xavier, Raul... São jogadores que vão suprir as necessidades", disse João na ocasião.

Expectativa interna

Durante essa semana de preparação para o dérbi, Xavier mais uma vez foi colocado para fazer atividades com Gil, João Victor e Raul. Por isso, mesmo dentro do elenco, ainda há pouca convicção, ou nenhuma, de que ele será o substituto de Gabriel contra o Palmeiras.

Xavier segue no páreo, obviamente, e pode acabar sendo o escolhido. Mas, o momento é de expectativa e ansiedade, e não de certeza, como muitas pessoas do lado de fora imaginam.

O primeiro treino coletivo da semana, com todos as opções à disposição, deve acontecer nesta quinta-feira. Depois, Sylvinho terá mais um dia de treinamento, na sexta, para fazer suas últimas observações e tomar uma decisão.

Consequência indireta

Independentemente do posicionamento de Xavier nos jogos, o fato dele estar sendo utilizado como zagueiro nos treinos também tem refletido em perda de espaço para Léo Santos.

O zagueiro de 22 anos ficou mais de um ano sem entrar em campo por causa de seguidas lesões e, desde que foi liberado, tem sido preterido por Sylvinho até mesmo nos treinamentos.

Para não ficar parado e conseguir recuperar o ritmo de jogo, Léo Santos novamente pediu para defender a equipe sub-23 do Corinthians, e foi atendido.

Corinthians