PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fifa propõe 'debate construtivo' sobre calendário de jogos internacionais

Jogadores da seleção brasileira se abraçam durante jogo contra o Peru pelas Eliminatórias - Lucas Figueiredo/CBF
Jogadores da seleção brasileira se abraçam durante jogo contra o Peru pelas Eliminatórias Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

20/09/2021 08h35

A Fifa entrou em contato com suas confederações associadas e outras partes interessadas (representantes dos jogadores, clubes, ligas), marcando assim o início de uma nova fase de debate em torno do calendário de jogos internacionais femininos e masculinos, que terminarão no final de 2023 e 2024, respectivamente.

No futebol, existe um amplo consenso de que o calendário de jogos internacionais deve ser reformulado e aprimorado.

Após convites para as partes interessadas, incluindo todas as confederações, no início de setembro, as discussões ocorrerão nas próximas semanas.

Em 15 de setembro deste ano, a Fifa também convidou as confederações para uma primeira cúpula online no dia 30 do mesmo mês. Segundo a entidade, esta é uma das várias oportunidades para estabelecer um "debate construtivo e aberto, global e regionalmente", durante os próximos meses.

Esse processo de debate começou com jogadores e treinadores de todo o mundo. Grupos Consultivos Técnicos foram estabelecidos sob a liderança do técnico ex-Arsenal Arsène Wenger, Diretor de Desenvolvimento do Futebol Mundial da Fifa, e Jill Ellis, duas vezes campeã da Copa do Mundo Feminina como treinadora. O debate também incluirá a opinião de torcedores.

Esporte