PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Crespo tem briga dura de 9 jogadores para 2 vagas no ataque do São Paulo

Hernán Crespo, técnico do São Paulo, em treino no CT da Barra Funda - Erico Leonan / saopaulofc
Hernán Crespo, técnico do São Paulo, em treino no CT da Barra Funda Imagem: Erico Leonan / saopaulofc

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

20/09/2021 07h00

Classificação e Jogos

O técnico Hernán Crespo deve presenciar uma briga para lá de acirrada no ataque do São Paulo neste restante de temporada. Com nove opções para preencher duas vagas na equipe titular, o comandante argentino terá a boa dor de cabeça de decidir quais são, entre tantas possíveis, as melhores escolhas para compor a linha de frente do Tricolor.

Rojas, Rigoni, Calleri, Luciano, Eder, Pablo, Vitor Bueno, Marquinhos, Galeano são os atacantes que compõem o elenco do São Paulo. Atualmente, todos estão à disposição, exceto Marquinhos, que aprimora a forma física após se recuperar de um estiramento na coxa esquerda.

Neste domingo, contra o Atlético-GO, por exemplo, Luciano e Rigoni formaram a dupla de ataque e marcaram os dois gols da vitória por 2 a 1. Na última quarta-feira, contra o Fortaleza, Eder foi quem fez dupla com o argentino. Aos poucos, Hernán Crespo vai fazendo testes em busca da composição mais adequada, e ela fica ainda mais difícil com a chegada de novos nomes.

Jonathan Calleri fez sua reestreia pelo São Paulo substituindo Luciano na reta final do jogo contra o Atlético-GO. Em poucos minutos, o argentino aparentou estar longe da forma física ideal e do ritmo de jogo necessário, mas participou de lances perigosos.

Com tantas opções, Crespo pode até mesmo abrir mão de jogar com dois atacantes e se permitir atuar com três atletas ofensivos. Agora, com apenas uma competição para disputar, o treinador terá tempo suficiente para treinar variações e fortalecer o São Paulo na busca pela tão sonhada vaga na Copa Libertadores. Pelo menos no papel, Crespo tem um elenco, hoje, com potencial para alcançar o objetivo.

São Paulo