PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Emerson diz que Barcelona o mandou embora 'com boas palavras': 'Doeu'

"Pensava que o clube queria que eu ficasse", revelou o brasileiro em entrevista ao Marca - Reprodução/Twitter
"Pensava que o clube queria que eu ficasse", revelou o brasileiro em entrevista ao Marca Imagem: Reprodução/Twitter

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

03/09/2021 09h28

O lateral-direito Emerson Royal trocou o Barcelona pelo Tottenham no fim da janela de transferências. Hoje, o jornal espanhol Marca publicou uma entrevista com o brasileiro, que criticou a forma como saiu do Barça.

O jogador de 22 anos sabia que, após defender o Real Betis, voltaria ao time da Catalunha. Além disso, ele acredita que não se sentiu exatamente "usado" por conta da venda, mas pontua que "doeu a forma" com que deixou o clube: "Poderia ser de outra forma. Havia maneiras melhores de resolver as coisas."

Ele explicou: "Pensava que o clube queria que eu ficasse. Joguei no domingo de titular, no dia seguinte acordei e fui treinar tranquilo. Ali, já vi que havia um monte de coisas, que o Tottenham falava com o Barcelona, que tinha quase tudo fechado. Eu não entendia nada do que estava acontecendo, porque não sabia de nada. De tarde, me chamaram para que fosse à 'Cidade Desportiva', porque queriam falar comigo. Então, entendi que queriam me vender."

"Eu me encontrei com os dirigentes do clube. Começaram a me contar que a situação do clube não era boa, que atravessava um momento complicado e, para eles, era melhor vender. Eu repeti que a minha intenção era ficar, porque tinha o desejo de jogar aqui e contribuir para o Barcelona. Sabia que estava na minha melhor forma e iria triunfar. Sou preparado e chegou um momento em que me dei conta que me falavam para sair: sim ou sim. Estavam me mandando embora com boas palavras", acrescentou Emerson, que disputou apenas três partidas pelo Barça.

Formado na base da Ponte Preta, Emerson Royal jogou no Atlético-MG e, em janeiro de 2019, foi vendido para o Barcelona.

Ele foi então, repassado ao Real Betis e acabou incorporado ao clube catalão no início de julho. Já no fim de agosto, transferiu-se para o Tottenham por 25 milhões de euros (R$ 153,1 milhões), segundo o site Transfermarkt.

Futebol