PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos usa exemplo de Sampaoli para evitar brigas na justiça: "Era melhor um acordo"

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

04/08/2021 07h00

O Santos usa o exemplo de Jorge Sampaoli para evitar qualquer briga na justiça. A ideia da atual diretoria é sempre buscar acordos.

No fim de 2019, Sampaoli e o ex-presidente José Carlos Peres se desentenderam. O técnico atualmente no Olympique (FRA) alegou ter sido demitido na Justiça do Trabalho. A antiga gestão, em contrapartida, afirmou que a decisão de sair foi do argentino.

O imbróglio, porém, acabou mal para o clube. O Peixe foi condenado a pagar cerca de R$ 11 milhões ao ex-treinador.

"Sobre a rescisão do Sampaoli... Ganhou na Justiça para receber R$ 11 milhões. É o que eu falo, era melhor um acordo que uma pendência jurídica. Mesmo pedindo demissão, ganhou como se tivesse sido mandado embora. Isso já foi julgado e decidido", disse o presidente Andres Rueda.

Futebol