PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jorge detalha recuperação de lesão e revela desejo de retornar à Seleção Brasileira

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

04/08/2021 20h00

Embora já tenha sido oficializado e regularizado no BID da CBF, o lateral-esquerdo Jorge deve demorar alguns dias para estrear pelo Palmeiras. O jogador sofreu uma lesão nos ligamentos do joelho esquerdo em dezembro passado e está em fase final de recuperação.

Em sua apresentação no Palmeiras nesta quarta, o jogador deu mais detalhes do tratamento que tem realizado, ressaltando que se sente mais "forte e confiante" para retomar as condições de jogo o mais rápido possível.

"É a primeira lesão que eu tive, e ela é uma muito complicada na questão do tempo para voltar a jogar. Hoje me sinto confiante e mais forte. Junto do staff do Palmeiras e do departamento médico, já sinto uma diferença de trabalho. Agora é só focar na recuperação e no trabalho de força que preciso, espero voltar o mais rápido possível para poder ajudar. É trabalhar no dia a dia, com calma e paciência, para poder voltar zerado e sem dor", declarou o jogador.

O lateral também agradeceu o Palmeiras pela oportunidade e pela recepção, mesmo machucado. "Agradeço a oportunidade que o Palmeiras está me dando de vestir essa camisa. Antes de aceitar, pensei muito. Meu pensamento era permanecer na Europa, mas nas situações em que eu estava incluído, com a lesão, falei que queria ser feliz aqui", disse.

"Aqui tem muitos objetivos para conquistar. Vou ser muito feliz, não tenho dúvida. É gratificante para mim a forma como me receberam, só tenho a agradecer ao Palmeiras. Estou lesionado, é difícil entrar assim. Espero ajudar da melhor forma possível dentro de campo", completou.

Jorge ainda revelou que tem o desejo de retornar à Seleção Brasileira. Ele afirmou que a escolha pelo Palmeiras tinha relação com essa vontade e que espera trabalhar com calma no Verdão para voltar a vestir a amarelinha no futuro.

"Quando comecei pelo Flamengo, fui feliz de ser convocado. Logo em seguida fui para o Monaco e também cheguei a ser chamado. Quando retornei ao Santos, fui muito bem e fui convocado novamente. Essa escolha de vir para o Palmeiras não foi à toa, foi para estar no radar da Seleção. Confio no meu potencial, sei que posso estar junto daqueles jogadores de qualidade. Então espero trabalhar com paciência e com os pés no chão para fazer meu melhor e, quem sabe, voltar para a Seleção Brasileira", concluiu.

Futebol