PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jardine sinaliza possíveis substitutos de Matheus Cunha: "Várias possibilidades"

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

02/08/2021 10h51

Nesta segunda-feira, véspera do duelo entre Brasil e México pela semifinal do torneio de futebol masculino dos Jogos de Tóquio, o técnico André Jardine concedeu uma entrevista coletiva.

O treinador falou sobre o processo de escolha do substituto de Matheus Cunha. O atacante sofreu uma contratura muscular na coxa esquerda contra o Egito e segue em tratamento intensivo, ainda com a possibilidade de entrar em campo contra os mexicanos.

"A gente trabalhou com várias possibilidades. A gente usou praticamente até os últimos minutos do treino para tomar a decisão de quem jogaria. O nosso elenco nos dá possibilidades diferentes. Primeiro estudamos bastante o México para tentar pegar através do adversário alguma pista de qual seria a melhor decisão nossa. Claro que a gente está lamentando muito essa situação do Cunha, mas ela nos abre uma possibilidade de dar uma cartada tática e fazer alguma diferença em alguma situação que o México não espere", explicou Jardine.

Em seguida, o treinador sinalizou para os possíveis substitutos, caso Matheus Cunha não tenha condições de atuar.

"A gente trabalhou com mais opções, não só com o Paulinho e o Malcom. Pensamos na situação de usar o Reinier como segundo meia, pensamos na situação de entrar com o Matheus Henrique ou com o Gabriel Menino para fortalecer o meio. Nós trabalhos com todas essas opções. Essa uma situação que a gente partiu para o estudo do México para tomar a decisão, que está praticamente tomada, mas a gente conta com a recuperação do Cunha", ressaltou Jardine.

Brasil e México se enfrentam nesta terça-feira, às 5h (de Brasília).

Futebol