PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Bruno Fratus avança nos 50m livres; Etiene Medeiros e Guilherme Costa ficam fora

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

30/07/2021 09h46

Nesta sexta-feira, foram disputadas etapas classificatórias da natação nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Nos 50m livres masculino, o brasileiro Bruno Fratus fez o melhor tempo (21.67) da oitava bateria e avançou para as semifinais da categoria com a quarta colocação geral.

Caleb Dressel (Estados Unidos), Florent Manaudou (França), Kristian Gkolomeev (Grécia), Vladyslav Bukhov (Ucrânia), Thom De Boer (Holanda), Jesse Puts (Holanda), Brent Hayden (Canadá), Lorenzo Zazzeri (Itália), Kliment Kolesnokov (Comitê Olímpico Russo), Michael Andrew (Estados Unidos), Vladimir Morozov (Comitê Olímpico Russo), Benjamin Proud (Grã-Bretanha), Alberto Mestre (Venezuela), Maxime Grousset (França) e Pawel Juraszek (Polônia) também se classificaram.

Etiene Medeiros é eliminada nos 50m livres feminino

Nos 50m livres feminino, Etiene Medeiros não se classificou para as semifinais. A brasileira terminou na oitava colocação (25.45) da décima bateria e não ficou entre as 16 melhores posicionadas no geral.

Emma McKeon (Austrália), Pernille Blume (Dinamarca), Cate Campbell (Austrália), Sarah Sjoestroem (Suécia), Katarzyna Wasick (Polônia), Zhang Yufei (China), Abbey Weitzeil (Estados Unidos), Ranomi Kromowidjojo (Holanda), Arina Surkova (Comitê Olímpico Russo), Wu Qingfeng (China), Simone Manuel (Estados Unidos), Emma Chelius (África do Sul), Melanie Henique (França), Julie Kepp Jensen (Dinamarca), Haughey Siobhan Bernadette (Hong Kong) e Femke Heemskerk (Holanda) avançaram para a semifinal.

Guilherme Costa é eliminado nos 1.500m livres

Guilherme Costa não conseguiu a classificação para a final dos 1.500m livres masculino. O brasileiro terminou na sexta posição (15:01.18) da quarta bateria, mas não foi suficiente para ficar entre os oito melhores tempos no geral.

Mykhailo Romanchuk (Ucrânia), Robert Finke (Estados Unidos), Florian Wellbrock (Alemanha), Gregorio Paltrinieri (Itália), Daniel Jervis (Grã-Bretanha), Serhii Frolov (Ucrânia), Felix Auboeck (Áustria) e Kirill Martynychev (Comitê Olímpico Russo) avançaram para a decisão.

Brasil é desclassificado no 4x100m medley masculino

No revezamento 4x100m medley masculino, uma das transições da equipe brasileira (formada por Guilherme Guido, Felipe Lima, Vinicius Lanza e Marcelo Chierighini)  foi queimada, o que causou a desclassificação. O Brasil fecharia na oitava posição e, consequentemente, teria avançado para a final.

Itália, Grã-Bretanha, Comitê Olímpico Russo, China, Japão, Austrália, Estados Unidos e Canadá avançaram para a final.

Futebol