PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Roger projeta postura diferente do Fluminense em próximo duelo contra o Criciúma

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

28/07/2021 17h50

O Fluminense viu o Criciúma abrir vantagem nas oitavas de final da Copa do Brasil. A derrota fora de casa por 2 a 1, porém, não abala a confiança do clube carioca. O Tricolor, com uma postura diferente, sabe que pode dar o troco no duelo de volta, no Maracanã, neste sábado.

O técnico Roger Machado mantém a serenidade. Ele sabe que o Fluminense pode render mais, como mostrou na temporada, e que a classificação na Copa do Brasil é um objetivo possível.

Como perdeu o jogo de ida por 2 a 1, o Fluminense precisa vencer o Criciúma por dois gols de diferença para definir a situação no tempo normal. Caso vença por um, a decisão irá para os pênaltis.

"A postura é de quem estará jogando dentro de casa, precisando de um resultado de vitória para conquistar uma classificação. Não tem nada de muito diferente. Quando você joga em casa você precisa propor o jogo, colocar intensidade, buscar o resultado. Ainda mais em uma situação como essa. Mas é um resultado que é perfeitamente possível de conquistar pela nossa qualidade, pelos jogos que já fizemos, mas, sobretudo, pelo fato de nós termos que tirar essa diferença que o adversário conquistou em casa. A disputa está em aberto. Mas, evidentemente, tem que ser diferente do que fizemos hoje (terça-feira)", disse Roger.

O técnico vai viver uma situação diferente pelo Fluminense. É que no mata-mata da Copa do Brasil e da Libertadores o Tricolor abriu vantagem no jogo de ida. Na terceira fase do torneio nacional, contra o Bragantino, o Flu fez 2 a 0, no Maracanã. Depois, avançou mesmo com derrota por 2 a 1, fora de casa.

Já na Libertadores, pelas oitavas de final, o Fluminense fez 2 a 0 no Cerro Porteño, no Paraguai, pelo jogo de ida. A volta será disputada nesta terça-feira. Antes, o Flu decide a vida na Copa do Brasil: enfrenta o Criciúma, neste sábado, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã.

Futebol