PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Godín mostra otimismo mesmo após derrota do Uruguai: 'Só dependemos de nós'

Diego Godín, zagueiro do Atlético de Madri e capitão da seleção uruguaia - Oscar del Pozo/AFP
Diego Godín, zagueiro do Atlético de Madri e capitão da seleção uruguaia Imagem: Oscar del Pozo/AFP

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

18/06/2021 23h28

Classificação e Jogos

A seleção uruguaia estreou nesta sexta-feira 18, diante da Argentina, pela Copa América. No clássico do Rio da Prata, melhor para a seleção albiceleste, que venceu por 1 a 0. Após o jogo, Godín lamentou o gol sofrido, mas mostrou otimismo para a sequência da competição.

"Sensação ruim, levamos gol em uma jogada que havíamos comentado, não podemos cometer esses erros, agora vamos seguir trabalhando. Primeiro tempo não começamos bem, estivemos imprecisos. Depois, no segundo tempo, dominamos mais, mas não criamos grandes situações, não fomos contundentes", comentou o zagueiro.

A seleção celeste estreou após folgar na primeira rodada: "O positivo é que o primeiro jogo, arrancamos contra um time forte, faltam três jogos e dependemos só da gente para avançar na competição", completou Godín.

O Uruguai volta a campo na segunda-feira, às 18h, quando enfrenta o Chile na Arena Pantanal.

Esporte