PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com gol de Borja, Junior Barranquilla empata com o River Plate na Colômbia

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

12/05/2021 22h56

Em meio a onda de protestos na Colômbia, a equipe do Junior Barranquilla recebeu o River Plate, nesta quarta-feira. Mesmo com um time alternativo, de olho no clássico contra o Boca Juniors no final de semana, o time de Gallardo buscou o empate por 1 a 1.

Com manifestações em volta do estádio Romelio Martínez, a polícia foi obrigada a usar gás de pimenta na área externa e o jogo precisou ficar parado por dois minutos.

Com bola rolando, o selecionado de Marcelo Gallardo não conseguiu ser tão objetivo como os donos da casa. Aos 20 minutos, os colombianos puxaram o contra golpe com Pajoy - o meia acionou Borja e o centroavante balançou a rede.

Já na segunda etapa, o foi ficou marcado pelo equilíbrio e os Millonarios tomando a inciativa. Muñeco mexeu no time e os visitantes controlaram a partida. Ainda assim, o gol de empate saiu somente nos acréscimos - com Paulo Díaz após cobrança de escanteio.

O River consegue a manutenção do segundo lugar no grupo, com seis pontos. O Junior Barranquilla é o terceiro, com três. O Fluminense lidera, com oito pontos, enquanto o Santa Fe tem apenas dois e é lanterna.

Cerro Porteño aumenta distância no grupo

Pelo grupo H, o Cerro Porteño foi até a Venezuela para enfrentar La Guaira. Os paraguaios se sentiram em casa e venceram por 1 a 0 - gol de Claudio Aquino, de pênalti.

O resultado deixa o Cerro com sete pontos e na segunda posição, enquanto o La Guaira é terceiro, com três. Atlético-MG e América de Cali ainda se enfrentam na rodada e a equipe brasileira pode se distanciar na ponta do grupo.

Futebol