PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Força do São Paulo no Paulistão depende de vitória sobre o Rentistas

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

11/05/2021 07h00

Classificação e Jogos

O quão forte chegará o São Paulo para o mata-mata do Campeonato Paulista? Essa é a pergunta que muitos torcedores vêm se fazendo diante de uma sequência de jogos tão grande nesses próximos dias. Tendo de se dividir em duas frentes, o time do Morumbi precisará priorizar uma das competições pelo menos nesta semana, mas, dependendo dos resultados, de quarta-feira, o foco poderá ser voltado para o Estadual.

O time comandado por Hernán Crespo enfrenta o Rentistas, do Uruguai, em Montevidéu, pela Copa Libertadores, precisando de uma vitória e que o Sporting Cristal não leve a melhor contra o Racing para confirmar a classificação para as oitavas de final do torneio sul-americano. Caso a combinação de resultados se confirme, a prioridade do São Paulo passa a ser o mata-mata do Campeonato Paulista.

Para se ter uma ideia da sequência de jogos reservada para o São Paulo, o time entrará em campo a cada 48 horas nas próximas semanas. Depois do duelo com o Rentistas, no Uruguai, o time terá pela frente a Ferroviária, pelas quartas de final do Paulistão, na sexta.

Depois, no domingo, dia 16 de maio, o São Paulo, caso avance contra a Ferroviária, já terá de entrar em campo pela semifinal do Campeonato Paulista. No dia 18, enfrenta o Racing, pela Libertadores, podendo já estar classificado e se dando ao luxo de contar com uma formação alternativa, se estiver na decisão do Paulistão, uma vez que o primeiro jogo da final acontece dois dias depois.

Dono da melhor campanha do Campeonato Paulista até aqui, o São Paulo tem a competição como o caminho mais curto para, enfim, acabar com o longo jejum de títulos. Mas, para erguer a taça do Estadual, o que não acontece desde 2005, a equipe tricolor precisa primeiro fazer o dever de casa na Libertadores. Caso contrário, a situação poderá complicar pelos lados do Morumbi.

São Paulo