PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Everton Felipe sofre com falta de espaço e concorrência no São Paulo

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

11/05/2021 08h00

Everton Felipe não vem atuando desde que retornou ao São Paulo após empréstimo para o Atlético-GO na temporada passada. Treinando com o restante do elenco no CT da Barra Funda, o meia-atacante sofre com a falta de espaço com Hernán Crespo e a forte concorrência de jovens vindos de Cotia.

Everton Felipe sequer foi relacionado pelo treinador argentino na atual temporada. Com a chegada de reforços como Bruno Rodrigues, que também vem tendo pouco espaço, e a promoção de garotos revelados nas categorias de base do São Paulo, o meia-atacante parece distante de se firmar no clube do Morumbi.

Vale lembrar que Everton Felipe não foi inscrito no Campeonato Paulista, sendo incluído apenas na lista da Copa Libertadores. Apesar de estar livre para atuar no torneio continental, a convocação de Hernán Crespo ainda não veio.

Shaylon vive situação semelhante, mas parece estar na frente na fila por uma oportunidade com o treinador argentino. O garoto voltou de empréstimo ao Goiás, só foi inscrito na Libertadores, esteve no banco de reservas contra o Sporting Cristal e Rentistas, mas não entrou em campo. Contra o Racing, na última semana, não foi relacionado.

Além de não figurar entre as primeiras escolhas de Crespo, Everton Felipe ainda vê jovens vindos das categorias de base ganharem espaço no Campeonato Paulista. Com a dura maratona de jogos neste início de temporada, o São Paulo vem entrando em campo com formações alternativas, repletas de garotos, em algumas partidas do Estadual, e essas novas caras têm dado conta do recado.

Fato é que com ou sem Everton Felipe o São Paulo seguirá lidando com a intensa sequência de partidas em um curto espaço de tempo nas próximas semanas, que reservam confrontos decisivos para a equipe comandada por Hernán Crespo tanto no Paulista quanto na Libertadores. Uma coisa é certa: com um calendário tão apertado, oportunidades não irão faltar para quem convencer o treinador argentino.

São Paulo